Segunda-Feira, 16 de Dezembro de 2019

Conheça a história da Nossa Senhora da Natividade, padroeira do Tocantins




COMPARTILHE

Neste sábado (8) é celebrado o dia da Padroeira do Tocantins, Nossa Senhora da Natividade. A imagem chegou na região onde hoje é a cidade de Natividade, na região sudeste do estado, há quase três séculos. A santa foi nomeada como protetora dos tocantinenses pelo papa João Paulo II.

O Tocantins é o único estado do país que tem Nossa Senhora da Natividade, que significa nascimento, como padroeira. A imagem foi levada para a região da Vila de São Luiz, que hoje é o município de Natividade, em 1735, sendo uma das primeiras a chegar à região.

Com a criação do Tocantins, em 1988, os fiéis iniciaram uma campanha para tornar Nossa Senhora da Natividade padroeira do Estado. Em março de 1992, a solicitação foi encaminhada ao papa João Paulo II e a resposta positiva veio no mesmo ano. No dia 15 de agosto de 1992, durante a Romaria do Bonfim, em Natividade, Nossa Senhora da Natividade foi oficialmente instituída como a padroeira do Tocantins.

De influência portuguesa, a celebração a Nossa Senhora da Natividade é realizada nove meses após a festa da Imaculada Conceição de Maria, no dia 8 de dezembro. Esse espaço entre as datas refere-se ao período de gestação de Maria no ventre de Santa Ana.


Autor: AMZ Noticias com G1


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia