Terca-Feira, 20 de Agosto de 2019

Maggi diz que Mato Grosso não está ‘quebrado’ e que Mauro deve dialogar com a sociedade




COMPARTILHE

O ministro da Agricultura Blairo Maggi disse ontem que caso o governador eleito Mauro Mendes (DEM) precise aumentar impostos para equilibrar as contas do Estado, deve ter uma conversa franca com a sociedade. Para o futuro gestor, a sugestão de Blairo, que foi governador de Mato Grosso entre 2003 e 2010, é dialogo com a sociedade.

“Ele precisa mostrar um plano à sociedade mato-grossense, inclusive se ele tiver que subir impostos para isso [equilibrar as contas], ele deve ser muito claro com a sociedade. E [dizer] por qual período que ele deve fazer isso”, disse o ministro na manhã de ontem em visita técnica às obras do novo Pronto-Socorro de Cuiabá.

“O Mauro tem que dizer: 'Eu, como Governo, farei um sacrifício, e você como cidadão faz outro. Mas todos nós devemos nos envolver nesse processo de modo transparente e claro. Dizendo: eu preciso aumentar impostos por um ou dois anos'. E aí faz um pacto com a sociedade. O Governo reduz o que precisa ser reduzido e a sociedade ajuda a bancar e depois a vida segue”.

Conforme Blairo Maggi, a crise financeira do Estado é “momentânea” e aconteceu por problemas de gestão. O governador eleito já chegou a afirmar que o déficit nas contas do Governo pode chegar aos R$ 4 bilhões ao final deste ano. “Mato Grosso não é um Estado quebrado. Ele tem um problema de gestão, que será solucionado por Mauro Mendes”, disse Maggi.

O ministro explicou que no processo de transição, o atual governador deve ser transparente e mostrar as demandas do Estado a Mendes. “A partir desse momento, quando tudo estiver sobre a mesa, o governador Mauro Mendes terá que tomar decisões, conversar com a sociedade inclusive, sobre aquilo que ele tem que fazer, mas muitas vezes não tem condições”.


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia