Segunda-Feira, 20 de Maio de 2019

Delator afirma que houve caixa 3 em campanha ao governo de Mato Grosso em 2014




COMPARTILHE

O empresário Alan Malouf afirmou em delação premiada que durante a campanha eleitoral do governador Pedro Taques (PSDB), em 2014, houve caixa 3 e que o tucano sabia.

“Revelou que houve doações não contabilizadas, em especial, de R$ 900 mil por Willians Mischur, endereçadas ao então candidato sem que tenha entrado sequer nesse controle paralelo, consistindo no que o colaborador denominou de um verdadeiro caixa 3”, diz trecho da delação.

Em nota emitida pela assessoria do governo, Taques nega caixa 2 e diz já ter constituído advogados para atuar no processo. O G1 não conseguiu entrar em contato com o empresário Willians Mischur. Paulo Taques não atendeu ou retornou os telefonemas.

A primeira modalidade de recebimento de recursos seria a oficial, chamada de caixa 1. Nesse caso, todo o recurso que entrava era declarado à Justiça Eleitoral. Além disso, havia o caixa 2, administrado pelo ex-secretário de Gestão Júlio Modesto e pelo próprio Malouf.

Para explicar como funcionava o caixa 3, o empresário afirmou à Procuradoria Geral da República que foi enviado pelo governador Pedro Taques para participar uma reunião entre Paulo Taques e um possível apoiador de campanha, o empresário Willians Mischur, proprietário da Consignum.

A Consignum era responsável por gerir os empréstimos consignados para servidores públicos do Estado na gestão do ex-governador Silval Barbosa. O contrato com o Governo foi rompido em 2016, após a empresa ser alvo da Operação Sodoma, que apurou esquemas de corrupção na gestão de Silval. Mischur chegou a ser preso na 2ª fase da operação, mas foi solto após confessar ter pago cerca de R$ 17,6 milhões em propina para manter o contrato.

Após a reunião, Malouf diz que soube que Paulo Taques teria recebido R$ 900 mil de Willians Mischur. Ele diz que perguntou aos empresários que apoiavam Taques se alguém sabia do fato. O grupo constatou que o dinheiro não havia entrado nem no caixa 1, nem no caixa 2 e, por isso, ficou caracterizado o caixa 3.


Autor: Flávia Borges com G1


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 212
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia