Segunda-Feira, 14 de Outubro de 2019

'Xingu Conectado' beneficiará mais de 400 mil pessoas com 273,7 km rede de fibra óptica




COMPARTILHE

O Projeto Xingu Conectado, que garante acesso à internet em nove municípios paraenses com a implantação de rede de fibra óptica, foi discutido em reunião no último dia 12, na Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado (Prodepa). Na ocasião, foi apresentado um balanço sobre o trabalho e os ajustes necessários para a conclusão do projeto.

O encontro teve a presença do presidente da Prodepa, Theo Pires; da diretora de Projetos Especiais, Leila Daher, e de representantes do Instituto Avaliação, entidade gestora do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRSX). Os municípios de Altamira, Brasil Novo, Medicilândia, Vitória do Xingu, Uruará, Placas, Pacajá, Anapu e Senador José Porfírio receberão 273,7 quilômetros de rede de fibra óptica. Mais de 400 mil pessoas serão beneficiadas.

Aprovado pelo comitê gestor do PDRSX, o projeto oferece a oportunidade de aumentar a presença dos governos estadual e federal na região com o auxílio da tecnologia, além de aproximar a sociedade das políticas públicas pelos serviços eletrônicos. 

Banda larga - Com a parceria da Telebras também será possível chegar à iniciativa privada e ao cidadão, pois a empresa tem como missão implantar o Plano Nacional de Banda Larga, que objetiva levar o serviço a preços populares.A gerente do PDRSX, Sandra Xavier, disse que o “Xingu Conectado” é um projeto muito importante para a população do Pará. Segundo ela, “a Emater fala muito bem do Xingu Conectado, e diz que não consegue usar toda a disponibilidade de internet que recebe hoje”.

Para Theo Pires, “o Xingu Conectado é um projeto que leva, além da presença do governo à região do Xingu, melhoria de vida, com a diminuição das desigualdades”. Pacajá e Uruará são os municípios que ainda faltam ajustar o fornecimento. Até o início do ano que vem, o “Xingu Conectado” deverá estar ativo nos nove municípios beneficiados pelo projeto.


Autor: AMZ Noticias com Nátia Machado


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia