Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019

Professor do IFMT em Juína é encontrado morto e 2 jovens são detidos suspeitos do crime




COMPARTILHE

Um professor do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) foi encontrado morto na casa dele em Juína, a 737 km de Cuiabá, na segunda-feira (19). De acordo com a Polícia Civil, Denis Alves Farias, de 44 anos, estava nu em cima da cama e tinha sinais de perfurações de faca pelo corpo. Dois jovens de 18 e 21 anos foram detidos suspeitos do crime.

Em nota, o IFMT lamentou a morte do professor e suspendeu as atividades escolares nesta terça-feira (20) em Juína. Segundo a polícia a casa do professor tinha manchas de sangue espalhadas e estava revirada.

Em diligências, a motocicleta da vítima foi encontrada em outro bairro da cidade. No local, dois jovens foram detidos por suposto envolvimento no crime. Os dois, de acordo com a Polícia Civil, teriam ido até a casa do professor e, após consumirem bebida alcoólica e entorpecentes, executaram a vítima com golpes de faca. Durante a execução eles também ficaram feridos e fugiram na moto da vítima.

À polícia, um deles alegou que os ferimentos eram em função de um ataque sofrido no mesmo dia. A versão, porém, foi desmentida pela mãe e irmã dele que denunciaram o crime. Segundo elas, os dois chegaram na casa com a moto do professor e uma mochila com DVDs e pertences da vítima.

Na casa, o notebook de Denis foi encontrado enterrado no fundo do quintal. O equipamento foi quebrado, uma vez que eles acreditam haver imagens gravadas pelas câmeras de segurança da casa da vítima. Os presos devem ser indiciados por homicídio doloso e associação criminosa. Um quarto suspeito e um adolescente que teriam envolvimento no crime são procurados.


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia