Quarta-Feira, 12 de Agosto de 2020

Mãe é presa pela polícia após espancar homem encontrado nu na cama com filha de 5 anos




COMPARTILHE

Uma mulher de 26 anos identificada como A.P.L foi presa após espancar com cabo de vassoura um homem identificado como D., que estava nu e deitado na cama ao lado de sua filha de cinco anos. O caso ocorreu na madrugada do último domingo (06), em uma residência na Chácara de Lazer Silvia, na cidade de Sinop (a 480 quilômetros de Cuiabá).

De acordo com informações da Polícia Militar, uma equipe foi acionada para atender uma ocorrência de estupro de vulnerável. No local, os militares encontraram um homem nu, ensanguentado, inconsciente e amarrado. Completamente alterada, A.P.L relatou que teria saído de casa e ido até o ‘Careca Show Bar’. Seus quatro filhos, com idades entre 1 e 8 anos, teriam ficando na casa sozinhos.

Ao retornar para casa (um cortiço com vários quartos, segundo a PM), ela se deparou com o suspeito nu, deitado ao lado de sua filha. A mãe então começou a agredir o homem com um cabo de vassoura, canos de PVC e também com pedaços de uma pia de banheiro. Outros dois homens que estavam com a mulher também ajudaram nas agressões. O Corpo de Bombeiros  teve que ser acionado e levou D para uma unidade de saúde com várias fraturas.        

A mãe recebeu voz de prisão, foi detida e encaminhada para a Delegacia de Polícia do município para registro da ocorrência. Ela deverá responder por abandono de incapaz e lesão corporal. As crianças ficaram sob cuidados da avó materna e o Conselho Tutelar deverá acompanhar o caso.

 


Autor: Fabiana Mendes com Olhar Direto


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias