Quinta-Feira, 25 de Abril de 2019

Operação da Policia Civil de Marabá apreende armas em fazenda ocupada em Itupiranga




COMPARTILHE

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Conflitos Agrários de Marabá (DECA), realizou duas diligências nos últimos dias 10 e 12, na área da fazenda Novo Mundo, zona rural de Itupiranga, no sudeste paraense.

O objetivo inicial foi apurar informação de que o local havia sido ocupado, no último dia 10, por um grupo de pessoas ligadas ao Movimento UNC (União Nacional Camponesa) e que existiam funcionários da propriedade rural mantidos como reféns. Ainda no dia 10, a equipe da DECA de Marabá, após determinação da Diretoria de Polícia do Interior (DPI), da Polícia Civil, foi até a propriedade rural para apurar os fatos e apreendeu armas de fogo e fogos de artifício durante as investigações.

Segundo o delegado Waney Alexandre, a equipe da DECA constatou a ocupação da fazenda, porém não havia funcionários reféns. "Lá estavam cerca de 70 pessoas, entre homens, mulheres e crianças. Em princípio, houve uma hostilidade por parte do grupo, mas, após longa mediação, foi possível o diálogo com as lideranças.

Por fim, foram retomadas as atividades laborativas normais da Fazenda e entregues à autoridade policial três armas de fogo de calibres distintos", explica o delegado. Ele ressalta que a Delegacia de Conflitos Agrários já diligenciou junto ao Incra para que o órgão federal inclua a propriedade rural no seu Plano de Reforma Agrária. No último sábado, dia 12, a equipe da DECA esteve novamente na fazenda Novo Mundo com o objetivo de dar continuidade ao diálogo com as lideranças do Movimento UNC que ocupa a propriedade rural.

Ao chegar à sede da fazenda, a equipe policial recebeu informação de que o grupo de pessoas havia se deslocado para outro ponto da Fazenda, em uma área de difícil acesso. "No deslocamento, encontramos inúmeras pessoas ainda levando seus pertences para o novo acampamento. Em certo ponto, encontramos dois veículos e os condutores em situação suspeita", explica o delegado.

Assim, os policiais civis realizaram a abordagem policial aos dois homens identificados como Francisco Garcia de Moura e Hilton Alves de Souza, ambos integrantes da UNC. No interior de um dos veículos, foi apreendida uma arma de fogo em poder de Francisco que foi autudo em flagrante por porte ilegal de arma e esbulho possessório (invasão de propriedade privada).

Ele pagou fiança e foi liberado. Hilton foi autuado em um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) por esbulho possessório e logo em seguida liberado. Ambos foram conduzidos à DECA para a tomada de medidas cabíveis. Atualmente, a fazenda permanece ocupada, porém as atividades continuam normalmente.


Autor: AMZ Noticias com Walrimar Santos


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 212
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia