Segunda-Feira, 26 de Agosto de 2019

Valor médio do litro de óleo diesel em Mato Grosso supera em quase 4% média nacional




COMPARTILHE

O valor médio do litro do diesel em Mato Grosso foi de R$ 3.805 em dezembro do ano passado, cifras 3,87% acima da média nacional para o mesmo período, que ficou em R$ 3.663. O combustível – que é o mais consumido no Estado, cerca de 2 bilhões de litros ao ano – apresentou o 7º valor médio mais caro do Brasil e campeão de preços no Centro-Oeste.

De Índice de Preços Ticket Log (IPTL), o valor aferido pelo levantamento mostrou redução no Estado na passagem de novembro (R$ 3.999) para dezembro (R$ 3.805). Ainda assim, o custo elevado seguiu fazendo diferença em desfavor de Mato Grosso, já nos estados vizinhos o desembolso com o combustível é menor. Goiás fechou o ano com a menor média, R$ 3.530, seguido por Mato Grosso do Sul, R$ 3.579 e pelo Distrito Federal, R$ 3.740. A média dos preços fixados em bomba, no Centro-Oeste, foi a segunda maior do país, R$ 3.728, atrás apenas do contabilizado no Norte, cuja média ficou em R$ 3.898.

Ainda conforme o IPTL, o valor médio do litro do diesel no país – em R$ 3.663 em dezembro – teve uma redução de 3,9% no comparativo com o mês anterior. O combustível teve o preço reduzido nos postos de todo o País, com exceção de Roraima, onde o aumento foi de até 2,05%, e no Amazonas, onde o litro do diesel S-10 manteve a média de novembro e foi vendido a R$ 3.890. Já no balanço do ano revela que os preços variaram em média 7,1%.

"O último IPTL revela que dezembro foi mais um mês de baixa nos preços do diesel, reflexo da última atualização do programa de subsídios, ocorrida em outubro. Quando analisamos o preço médio praticado na Região Sul, ele é 13% mais barato que o comercializado na Região Norte, onde a média registrada nos postos foi de R$ 3,898, a mais cara do Brasil", explica o Diretor-Geral de Frotas e Soluções de Mobilidade da Edenred Brasil, Jean-Urbain Hubau (Jurb).

A região Sul segue com o menor preço do litro, R$ 3.385, seguida do Sudeste (R$ 3.488) e do Nordeste (R$ 3.708). No Centro-Oeste, a redução foi de 4,58%, com o litro comercializado a R$ 3.728, ante os R$ 3.907 de novembro. Já a região Norte, mesmo com o litro mais caro do País, apresentou uma redução de 2,9% nos postos.

O IPTL revela ainda o preço médio do diesel em trechos das principais rodovias brasileiras. Na Fernão Dias, o motorista que sai de São Paulo e abastece no trecho de Minas Gerais paga 4% a mais pelo litro do combustível. Já na Rodovia Presidente Dutra, o cenário não é diferente. Do trecho de São Paulo ao Rio de Janeiro, o preço médio do diesel registra um aumento de 8,44%.

BALANÇO DE 2018 - Em 2018, o diesel e diesel S-10 registraram variação média de 6,67% e 7,10%, respectivamente. O diesel comum fechou o ano com preço médio de R$ 3.608, com destaque para outubro, quando, no Amapá, foi registrada a maior média para o combustível: R$ 4.590. Já o diesel S-10 encerrou o período com média de R$ 3.694, em novembro, apresentou, no Amapá, o maior valor médio do litro: R$ 4.680.

O IPTL é um índice mensal de preços de combustíveis levantados com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log, que traz grande índice de acerto devido a quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo. 


Autor: AMZ Noticias com Diário de Cuiabá


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia