Sábado, 23 de Fevereiro de 2019

Governo do Pará apresenta redução de 31% dos casos de homicídios em 30 dias de gestão




COMPARTILHE

Os primeiros 30 dias da gestão no novo governador do Pará, Helder Barbalho, já apresentaram diminuição de 31% no número de homicídios, 32% de casos de roubos em geral e 50% no registro de lesão corporal seguida de morte.

Os índices, referentes a todo o Estado, foram divulgados nesta sexta-feira (1º) pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), em coletiva à imprensa.

O comparativo do levantamento foi feito com o mês de janeiro de 2018. Em comparação aos últimos dez anos, a Região Metropolitana de Belém (RMB) registrou o menor índice de mortes, com 76 homicídios.

Na prática, comparando o mês de janeiro do ano passado e deste ano, no Pará houve 118 homicídios a menos. Em 2018 foram 382 casos e, neste ano, 264. Somente na RMB foi registrado, em 2018, 126 casos; enquanto em 2019 foram 76, o que representa uma redução de 40%.

Em relação ao crime de latrocínio, os casos registrados caíram de 16 para 14 – menos 13%.  O número de roubos caiu de 10.777 para 7.354, nos anos de 2018 e 2019, respectivamente, levando a uma redução de 3.354 roubos a menos, o que significa uma diminuição de 32% desse índice.

Todas as reduções apresentadas, de acordo com Helder Barbalho, são reflexos das estratégias de atuação adotadas pelo novo governo. “Fazer com que o mês de janeiro seja o menos violento dos últimos dez anos seguramente é uma demonstração de que nós estamos no caminho certo. Não podemos jamais comemorar o momento em que 264 pessoas perderam suas vidas e que são vítimas da violência. Porém, nós continuaremos trabalhando para promover a paz, garantir a pacificação, e com o afinco e o trabalho sério das Polícias Militar e Civil, e a colaboração da sociedade, nós conseguiremos vencer essa luta contra a criminalidade no Pará”, ressaltou o governador.

Medidas de segurança - Entre as ações executadas para alcançar a redução estão o ingresso de 180 militares na corporação, que deixaram suas funções administrativas para estarem nas ruas da Região Metropolitana de Belém combatendo a criminalidade; além do aumento de 60 veículos, que antes faziam o serviço administrativo e agora integram a frota da polícia no enfrentamento da violência.

Aeronaves do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) estão sendo utilizadas para fortalecer as ações policiais na terra. Esta também é uma das novas metodologias empregadas pela Segup para reduzir a criminalidade na RMB, prioritariamente, onde concentram-se os maiores registros de violência do Estado.

Desde o segundo dia do ano de 2019, as ações de segurança em Belém e no interior do Pará foram potencializadas. Na capital, quatro bairros tiveram o policiamento reforçado: Benguí, Cabanagem, Terra-Firme e Guamá.

Além da ação de ostensividade, o bairro da Terra-firme recebeu uma ação social de prevenção, reunindo diversos serviços gratuitos ofertados pelo sistema de segurança, como a emissão de RGs e atendimentos médicos e odontológicos, realizados pelos próprios militares. A intenção é aproximar o cidadão dos órgãos de segurança. No próximo dia 8 de fevereiro, será a vez do bairro da Cabanagem receber a ação.

“Conseguimos chegar a essa redução, que ainda não é a ideal, por meio da intensificação de ações em bairros previamente definidos pela área de inteligência, onde nós identificamos um maior índice de criminalidade, e que havia a necessidade de uma maior ostensividade e também de ações de repressão. Com a Polícia Civil atuando de maneira enérgica temos a garantia de que a sociedade terá uma resposta efetiva e imediata, caso venha ocorrer algum crime. E nas duas vertentes estamos tendo muito êxito. Tanto nas reduções apresentadas com os números, quanto na resposta eficaz da polícia em identificar e prender os envolvidos”, destacou o secretário de Segurança Pública, Ualame Machado.

Valorização – Ainda no evento, Helder Barbalho reconheceu a bravura de dois policiais militares que atuaram em uma ocorrência, nesta quinta-feira (31), na ponte da Ilha de Outeiro. Os PMs, que atuam na Companhia Independente de Polícia Escolar (Cipoe), salvaram Valdir Antônio Farias de Assunção, de 62 anos, que estava se afogando no Furo Maguari, localizado abaixo da ponte que liga os distritos de Outeiro e Icoaraci. O caso ocorreu por volta de 12h. O cabo Antônio Carlos da Silva Lameira Júnior e o soldado Anderson Fabrício Rodrigues foram os homenageados.

A área jurídica da Policia Militar está construindo ainda, para apresentar na Assembleia Legislativa, um projeto de Lei que permita facultar ao policial que tenha sido vítima ou tido qualquer lesão no trabalho a adaptação funcional. Ao invés de estar trabalhando nas ruas, o agente pode atuar nas atividades administrativas da polícia, continuando ativo e colaborando com as ações de segurança.

Moradias - Aproximadamente mil unidades serão construídas tanto para policiais militares quanto civis que estejam em condições de risco. O objetivo é dar conforto e, acima de tudo, segurança para as famílias destes agentes, para que possam trabalhar em favor da sociedade paraense. Quatro terrenos já foram identificados e incluídos no projeto habitacional para serem orçados e apresentados ao governador. A partir de então será analisado o processo de construção.

Força Nacional – Na próxima segunda-feira (4), haverá uma reunião do governador Helder Barbalho e o secretário de Segurança Pública Estadual, Uálame Machado, com o secretário Nacional de Segurança Pública, Guilherme Theóphilo. O foco do encontro é estabelecer o cronograma de atuação da Força Nacional (FN), que deve chegar ao Pará no mês de março.

Na ocasião será tratada também a situação dos policiais do Estado cedidos para a FN que poderão retornar ao Pará para somar aos agentes que já atuam no fortalecimento das ações de enfrentamento à criminalidade.


Autor:AMZ Noticias com Aline Saavedra


COMENTÁRIOS:

Notice: Undefined index: envio in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 201
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia


Notice: Undefined variable: rsDestaque1 in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 325

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 325

Notice: Undefined variable: rsDestaque2 in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 327

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 327

Notice: Undefined variable: rsUltimas1 in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 329

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 329

Notice: Undefined variable: rsUltimas2 in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 331

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 331