Segunda-Feira, 26 de Agosto de 2019

Ex-prefeito de Confresa nega ter cometido irregularidades investigadas pela Polcia Federal




COMPARTILHE

O ex-prefeito Gaspar Lazari (PSD), comentou em nota, nesta quinta-feira (31), acusações contra seu mandato na prefeitura de Confresa. Ele é investigado em operação da Polícia Federal (PF), que aponta contratos superfaturados entre os anos de 2015 e 2016. No comunicado, ele afirma que não cometeu irregularidade e está tranquilo para colaborar com as investigações.

As investigações começaram em 2017, a partir de fiscalização realizada pela CGU em contratos na área da educação, saúde e infraestrutura. Segundo a PF, a hipótese é que as empresas contratadas pela prefeitura de Confresa recebiam os pagamentos superfaturados. Em troca, elas transferiam parte dos recursos a funcionários públicos da prefeitura e a terceiros vinculados a eles. A contratação era feita por meio de montagem de processos e direcionamento.

Na quarta, a PF cumpriu 61 mandados de busca e apreensão em Confresa, Canabrava do Norte, Porto Alegre do Norte, Cuiabá, Goiânia e Dourados (MS).  A polícia não divulgou nomes, mas já houve quebra de sigilo bancário dos investigados. Segundo diz Gaspar, ele próprio é o “maior interessado em que os fatos sejam apurados.” O ex-prefeito foi candidato a deputado federal nas eleições de 2018, mas, com 40.470 votos, não chegou a ser eleito.

Veja nota na integra: Gostaria de informar a todos os amigos e amigas de Confresa, a respeito da operação da Polícia Federal ocorrida ontem na cidade, que estou tranquilo com relação às acusações a mim imputadas, pois sei que não cometi ilegalidades. Estou e estarei sempre à disposição da Justiça para o que se fizer necessário, pois sou o maior interessado em que os fatos sejam apurados.


Autor: AMZ Noticias com Semana 7


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia