Segunda-Feira, 26 de Agosto de 2019

Com 20, dos 24 votos, Botelho é reeleito presidente da Assembleia Legislativa de MT




COMPARTILHE

O deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) foi reeleito presidente da Assembleia Legislativa na manhã desta sexta-feira (1º), durante a primeira sessão plenária da 19ª legislatura. A chapa “Experiência e Seriedade”, encabeçada pelo democrata, foi a única registrada para disputar o comando do Parlamento Estadual.

O deputado estadual Ulysses Moraes (DC) tentou, de última hora, articular a formação de uma chapa juntamente com Xuxu Dalmolin e Delegado Claudinei, mas não obteve êxito, uma vez que a Mesa Diretora possui sete cargos.

Botelho recebeu 20 votos. Outros três deputados votaram contra o seu projeto de reeleição, e ainda foi registrado um voto em branco. A votação foi secreta, como determina o regimento interno da Casa de Leis.

Com isso, o Parlamento Estadual terá na Mesa Diretora nos próximos dois anos os deputados Eduardo Botelho como presidente, Janaina Riva (MDB), como vice-presidente; João Batista (Pros), como segundo vice-presidente; o próprio Max, como primeiro secretário; Valdir Barranco (PT), como segundo secretário; Valmir Moreto (PRB), como terceiro secretário; e Paulo Araújo (PP), como quarto secretário.

“Agora estamos todos, os 24 deputados, iguais dentro dessa casa. Aqui não tem o mais votado nem o menos votado. Agora, todos têm o mesmo peso, mesmo voto, mesma importância. Vou fazer dessa gestão a mais democrática possível. Agradeço aqueles que votaram em mim e aqueles que não votaram serei presidente de vocês também. Vou estar aqui para ouvi-los e fazer a voz de vocês valer e mostrar a importância que vocês tem”, disse Botelho.

O democrata afirmou que está ciente dos desafios que irá enfrentar a frente da Casa de Leis nos próximos dois anos, principalmente por conta da situação financeira do Estado. Desta forma, pede a união de todos os parlamentares em prol de Mato Grosso.

“Teremos a responsabilidade de discutir os desafios da educação, da saúde, da segurança, do meio ambiente, da infraestrutura, da agricultura, da pecuária, da geração de emprego e renda e do bem-estar social. Temos que falar do aumento de arrecadação, das reformas que o estado tanto necessita. O Estado precisará da nossa contribuição, das nossas ideias, das nossas sugestões, das nossas leis e do nosso empenho”, pontuou.

O presidente ainda frisa que os deputados precisam estar preparados para tomar decisões, que, muitas vezes, não são “simpáticas, mas necessárias”.

“Devemos ter a coragem, a responsabilidade com a governabilidade, afinal, somos parte dela, fomos eleitos para isso. Aqui estão catorze segmentos ideológicos representando o pensamento plural do povo mato-grossense. Na vida desta Casa, creio, nunca houve tantos partidos representados. Pedem ter certeza que vou me empenhar para ser o presidente de todos, tendo como norte o respeito à diversidade de ideias e partidária”, finalizou.

Botelho ainda aproveitou a oportunidade para alfinetar os deputados que fizeram oposição a sua candidatura à reeleição. Ele citou nominalmente os deputados Ulysses e Xuxu Dalmolin. “Não tem nada por debaixo do tapete! Aqui é transparência total!”, garantiu.

O presidente reeleito ainda fez questão de dizer que recomenda aos servidores a denunciarem qualquer ilicitude encontrada na Assembleia, durante sua gestão. Ele ainda reforçou que durante o período em que foi presidente até mesmo o Ministério Público aderiu às licitações feitas pela casa, como prova de que não existem desvios.

“Na condição de presidente não medirei esforços para que cada deputado e cada deputada possa cumprir, da melhor forma possível, seu mandato parlamentar. Também não medirei esforços para estabelecer um diálogo permanente com os servidores desta Casa, valorizando o conhecimento acumulado e buscando qualificar, cada vez mais, para melhorias das condições de trabalho”, finalizou.

Antes da realização da eleição da Mesa Diretora, os 24 deputados estaduais eleitos em outubro do ano passado foram empossados. A solenidade foi realizada no Teatro Zulmira Canavarros, e contou com a participação de diversas autoridades do Estado, entre elas o governador Mauro Mendes (DEM).

Na oportunidade, o chefe do Executivo Estadual destacou a importância da união entre os Poderes para que o Estado possa superar as dificuldades financeiras.  “Vamos estar juntos. Eu, representando o Governo, e vocês, representando o Poder Legislativo. Que nos lembremos sempre disso: estaremos cuidando de mais de três milhões de mato-grossenses, que esperam muito de nós e da nossa lealdade. Que esse poder, que emana do povo, seja exercido dentro dos princípios cristãos que existem dentro da cada um de nós, e que haverá de produzir tempos melhores para Mato Grosso”, ressaltou.

Tomaram posse os deputados estaduais: Janaina Riva, Ondanir Bortolini, o Nininho, Max Russi, Eduardo Botelho, Delegado Claudinei, Guilherme Maluf, Dilmar Dal Bosco, Sebastião Rezende, Xuxu Dalmolin, Lúdio Cabral, Valdir Barranco, Elizeu Nascimento, Valmir Moretto, Faissal Calil, Dr. João, Thiago Silva, Ulysses Moraes, Allan Kardec, Wilson Santos, Dr. Eugênio, Silvio Fávero, Dr. Gimenez, Paulo Araújo e João Batista do Sindispen.

“Teremos que trabalhar muito. Precisamos que vocês honrem esse juramento que fizeram diante de Deus e do povo. Se trabalharem com lealdade, se dermos as mãos, vamos ter muito para nos orgulharmos do que faremos no Estado. É isso que convoco dos senhores e dos servidores deste Estado: superação. E daqui a quatro anos vamos entregar um Estado melhor, tenho certeza”, concluiu o governador. 


Autor: AMZ Noticias com Diário de Cuiabá


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia