Segunda-Feira, 03 de Agosto de 2020

Polícia Civil prende homem em Redenção que fez da própria residência ponto de drogas




COMPARTILHE

Uma ação da Policia Civil tirou de circulação mais um elemento que atuava no mundo do tráfico de drogas na cidade. Carlos Alexandre Gonçalves da Costa foi preso nesta sexta-feira (15), por uma equipe de investigadores da Delegacia de Polícia Civil de Redenção.

A prisão ocorreu depois que informações anônimas chagaram até os policiais civis que estavam de plantão na delegacia, informando que na Rua Altamira, no Setor Alto Paraná, um homem estaria fazendo da própria casa, onde local de comercialização de produto entorpecente.

De posse das informações, uma diligência composta pelos investigadores Pedro Henrique e Rhandolfo José, fossem até o local para apurar a veracidade da denúncia.  Após perceber uma grande movimentação e entra e sai de pessoas da residência, os policiais resolveram abordar um transeunte que acabara de sair da casa. Ao fazer a busca pessoal no individuo, os policiais encontram certa substância conhecida como crack.  

De posse da conformação do ilícito os policiais adentraram a residência de Carlos Alexandre, onde foi encontrado uma balança de precisão, certa quantia de dinheiro fracionado produto da venda ilegal de entorpecente, drogas e 04 aparelhos celulares que foram ofertados como moeda de troca pela droga, documentos pessoas de terceiros, perfumes e um relógio de pulso. O acusado foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado pelo crime de tráfico de droga, pelo delegado Pedro Henrique Marcondes. 


Autor: AMZ Noticias com Dinho Santos


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias