Segunda-Feira, 03 de Agosto de 2020

Polícia Civil autua suspeito de matar PM reformado em Belém por porte ilegal de arma




COMPARTILHE

A Polícia Civil autuou em flagrante, por crime de porte ilegal de arma de fogo, o preso Fernando Tadson Batista da Silva, 24 anos, de apelido "Thor", em Igarapé-Açu, nordeste paraense. A prisão foi efetuada por policiais militares, na quarta-feira (13), após recebimento de informação de um homem estava armado em uma casa, na Rua do Morro, situada na localidade de Colônia do Prata, zona rural do município. O preso, também é investigado como autor da morte de um policial militar reformado, no ano passado, em Belém.

Após o cerco policial, os policiais militares detiveram Fernando, que em seguida foi conduzido até a Delegacia da cidade. No local, o preso se identificou com nome falso, afirmando ser Fernando Ferreira Matos. Ao tomar conhecimento da prisão, policiais civis da Delegacia de Homicídios de Agentes Públicos (DHAP), da Divisão de Homicídios da Polícia Civil, entraram em contato com a Delegacia de Igarapé-Açu para avisar sobre o uso de identidade falsa.

"Ele já estava sendo investigado como autor do crime de homicídio que vitimou o PM Vagner Siqueira Santos, no dia 2 de dezembro do ano passado, no Conjunto Ariri Bolonha, área do Jardim Sideral, no bairro do Coqueiro, em Belém. A vítima foi morta a golpes de faca", informou o delegado João Amorim, da DHAP.

"Thor" está na condição de foragido de Justiça desde outubro de 2018 e já possuía registros policiais desde a adolescência, por crimes realizados em municípios do interior do Estado. As investigações da DHAP demonstraram que a vítima foi morta, após ter se identificado como policial durante uma tentativa de roubo a sua residência. "Thor" teria pego uma faca e golpeado a vítima.

Durante as investigações do crime, o delegado solicitou à Justiça a prisão preventiva do acusado. "Após os procedimentos de praxe na cidade de Igarapé-Açu, será feita a transferência do preso para Belém para que seja ouvido no inquérito policial que apura a morte do policial militar reformado", explica o delegado.


Autor: AMZ Noticias com Walrimar Santos


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias