Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019

Ação policial cumpre prisão contra acusados de atuarem em roubos de gado no Norte Araguaia




COMPARTILHE

Integrantes de um grupo criminoso envolvido em roubos de gado tiveram mandados de prisão cumpridos em uma força tarefa da Polícia Judiciária Civil com apoio da Polícia Militar, realizada na quinta-feira (21.02).

Os suspeitos, M.A.S. e T.P.N. tiveram a participação identificada em roubos ocorridos em fazendas de Porto Alegre do Norte e São Félix do Araguaia.

A prisão dos suspeitos foi realizada em ação envolvendo policiais civis das Delegacias de Porto Alegre do Norte, Confresa, Vila Rica, Canabrava do Norte, Alto Boa Vista, São Félix do Araguaia e Comodoro com apoio da Polícia Militar. M.A.S. foi preso em Vila Rica e T.P.N. no município de Comodoro.

De acordo com o delegado Marcello Maidame, responsável pelas investigações, o grupo criminoso era investigado há algum tempo como responsáveis por roubos urbanos na cidade de Confresa, porém recentemente foi identificado que os suspeitos migraram para roubos de gado na zona rural da região. “Os suspeitos estão presos desde o dia 27 de janeiro, ocasião em que foram detidos em situação de flagrante. A ação criminosa do grupo contava com o apoio logístico de dois caminhões boiadeiros, que foram apreendidos pela Polícia Militar no mesmo dia em Confresa”, disse o delegado

O grupo também contava com o apoio de outro veículo, um veículo gol branco furtado que foi apreendido na quarta-feira (20) pelos investigadores em mãos da suspeita C.P.S, presa em flagrante em Confresa por receptação. Entre os crimes praticados pelos suspeitos está o roubo ocorrido na propriedade rural em São Félix do Araguaia, em que os assaltantes desistiram de levar os animais, subtraíndo objetos pessoais, equipamentos eletrônicos e maquinários das vítimas.

Em Porto Alegre do Norte os investigados mantiveram em cárcere privado mais de dez pessoas e pretendiam subtrair pelo menos 200 animais, mas desistiram do roubo após uma das vítimas conseguir fugir da ação dos criminosos. Na fuga os bandidos subtraíram objetos pessoais e eletrônicos, além de uma caminhonete SW4.

O delegado destacou que os criminosos são extremamente perigosos que agiam armados e atuavam com violência. “Enquanto alguns integrantes tinham a função de manter as vítimas, geralmente caseiros das fazendas, em cárcere privado sob a ameaça de morte, outros movimentavam o gado para embarque e transporte”, disse o delegado. Os presos serão indiciados pelos crimes de latrocínio tentado, roubo, cárcere privado e organização criminosa e foram encaminhados para a cadeia pública de Porto Alegre do Norte, aguardando a conclusão das investigações e julgamento pelo judiciário.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 212
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia