Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020

Alunos de escola pública de Redenção fazem caminhada sobre o combate à dengue




COMPARTILHE

Como parte integrante do calendário escolar da rede pública municipal de Ensino, escolas ligadas a Secretaria Municipal de Educação de Redenção, estão desenvolvendo projetos de conscientização de combate ao mosquito vetor da dengue.

Na manhã da ultima sexta-feira (22), alunos da Escola Novo Horizonte, realizaram a culminância do projeto, levando para as ruas do setor onde a escola está inserida informações importantes adquiridas dentro da sala de aula.  O projeto visa sensibilizar alunos e comunidade quanto a importância da prevenção da doença e do combate ao mosquito Aedes Aegypti, informando quanto aos sintomas das doenças transmitidas pelo inseto e seus tratamentos.

Desde 2016, seguindo a proposta da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) do Ministério da Saúde utiliza três tipos de classificação de dengue, ou seja, dengue, dengue com sinais de alarme e dengue grave. Os dez municípios paraenses com mais casos confirmados de dengue são São Félix do Xingu (74), Parauapebas (20), Novo Repartimento (5), Canaã dos Carajás (4), Tailândia e Mãe do Rio (3); e Jacundá, Marabá, Santarém e Palestina do Pará (2).

De acordo com a Coordenação Estadual de Controle da Dengue, esses números estão sujeitos a alterações, devido ao atraso no repasse dos dados pelos municípios ao nível regional e espera pelos resultados laboratoriais, duplicidades, descarte por outras causas e exclusão no Sinan.


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias