Segunda-Feira, 25 de Marco de 2019

Dados mostram que o Carnaval movimentou mais de R$ 5,7 milhões na economia do Tocantins




COMPARTILHE

Dados divulgados pela Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc) mostram que o Tocantins movimentou R$ 5.757.310, entre os dias 1º e 4 de março deste ano, nos municípios de Gurupi, Porto Nacional, Dianópolis, Xambioá, Araguatins, Palmas e na Região do Jalapão (2 a 4 de março).

Os números são referentes às informações sobre hospedagem e alimentação, além de transporte aéreo, rodoviário e alternativo (vans); mobilidade – táxi e uber; combustível; locação de veículos; hospedagens alternativas; venda de artesanato; venda de abadás; vendas no comércio local; comercialização de bebidas e ambulantes, que não foram contabilizados, mas estima-se que tenha gerado um valor total de R$ 1.500.000 em movimentações financeiras.

Ao avaliar os resultados do carnaval 2019 do estado, o presidente da Adtuc, Tom Lyra, afirmou que a festa teve saldo extremamente positivo para as cidades. Os quatro dias de folia geraram movimentação econômica três vezes maior que o valor investido pelos municípios para realizar o evento. Tom Lyra  destacou que, mesmo com o Brasil vivendo uma forte crise financeira, o carnaval tocantinense em nada se apequenou. Ao contrário, só fez crescer tanto em fluxo de pessoas quanto em movimentação econômica.

“O carnaval do Tocantins, mesmo numa crise pela qual o país está passando e com muita gente torcendo contra, foi um sucesso. Esse sucesso se deve ao empenho pessoal do governador Mauro Carlesse, de todo o secretariado e servidores. O resultado foi esse que vimos nas noites de folia, com mais de 30% de turistas aqui no Tocantins”, disse o presidente.

Tom Lyra ressaltou que a movimentação financeira nas cidades, durante a festa de carnaval, favoreceu os rendimentos nos setores formal e informal da economia tocantinense. “Esses milhões de reais de movimento apresentados pela nossa pesquisa, eu tenho certeza que se trata da parte formal da economia. Mas, o segmento informal também ganhou. As pessoas que trabalhavam, como ambulantes, por exemplo, vendendo cerveja, espetinho, refrigerante, cachorro-quente, pessoas que mais precisavam, também ganharam uma renda extra”, observou.

Gurupi - Gurupi foi o principal destino escolhido pelos foliões. Dados da Polícia Militar do Estado (PM) mostram que 200 mil pessoas movimentaram a cidade durante dos três dias de festa e os 1.700 leitos da rede hoteleira foram 100% ocupados. O valor médio da diária de hotel em Gurupi no período de carnaval foi de R$ 200,00, sendo a arrecadação diária de R$ 340.000 e a arrecadação total no período de R$ 1.360.000. Já na parte de alimentação, a estimativa é que o município tenha arrecadado o valor total de R$ 700.000.

Jalapão - O Jalapão foi um dos principais destinos do Tocantins durante o período do carnaval 2019. Com 100% da capacidade de hospedagem ocupadas, o local recebeu 1.174 visitantes no período. A região, composta pelos municípios de Ponte Alta, Mateiros e São Félix, recebeu visitantes originários de 20 estados brasileiros, além do próprio Tocantins. Turistas estrangeiros também vieram conhecer as belezas naturais do Jalapão. De acordo com a Adetuc, a região recebeu pessoas da Guiana Francesa, Inglaterra e Estados Unidos (Geórgia).

Sobre dados financeiros levantados no balanço da Adetuc, o valor médio de hospedagem foi de R$ 100,00. Durante os dias 2, 3 e 4 de março, a rede hoteleira da região arrecadou o valor de R$ 352.200, uma média de R$ 117.400 por dia.

Um total de nove atrativos foram visitados pelos turistas sendo que sete eram pagos. O valor para os locais pagos eram de R$ 20,00 e o montante arrecado pelos proprietários nos três dias foi de R$ 164.360. Dos atrativos visitados estão: Cânion Sussuapara, Fervedouro Rio Sono, Fervedouro do Ceiça, Fervedouro Macaúba, Fervedouro Buriti, Fervedouro Bela Vista, Cachoeira do Formiga, Dunas e Cachoeira da Velha.

Porto Nacional - Na região central do Tocantins, Porto Nacional reuniu 50 mil pessoas durante o carnaval, segundo dados da PM. Dos 766 leitos de hotéis oferecidos aos turistas, 612 foram ocupados, registrando uma média de 80%. O valor cobrado pela diária ficou em torno de R$ 100 e a arrecadação da rede hoteleira foi de R$ 244.800 no período.

Referente à alimentação, os dados da Adetuc mostram que foram gastos diariamente R$ 43.750, totalizando R$ 175.000 ao final dos quatro dias de festa. O valor médio da refeição foi de R$ 35 e a estimativa de pessoas atendidas pelo comércio de alimentação foi de 1.250 por dia.

Dianópolis - Na região sudeste do estado, o município de Dianópolis reuniu 20 mil pessoas no período do carnaval, conforme números da Polícia Militar. Todos os 483 leitos da rede hoteleira foram ocupados, gerando uma arrecadação de R$ 231.840 nos quatro dias de festa (média de R$ 120,00 a diária).

O valor médio por alimentação foi de R$ 35,00, o que gerou uma arrecadação de R$ 70.000 no período, estimando que aproximadamente 500 pessoas tenham sido atendidas pelo comércio de alimentação. Xambioá - No norte do Tocantins, Xambioá reuniu 10 mil foliões no período de carnaval, de acordo com a PM. Dos 200 leitos da rede hoteleira disponíveis, 100% foram ocupados pelos visitantes.

O valor médio da diária foi de R$ 100,00, gerando uma arrecadação total de R$ 80.000 nos quatro dias de festa. Aproximadamente, 250 pessoas foram atendidas pelo comércio de alimentação. A média da refeição foi de R$ 35,00 o que movimentou R$ 34.800 no período.

Araguatins - Na região do Bico do Papagaio, 6.500 turistas visitaram o município de Araguatins durante os quatro dias de carnaval, segundo números da PM. Dos 336 leitos de hotéis disponíveis, 100% foram ocupados. A média da diária nos hotéis foi de R$ 120, 00, arrecadando o montante de R$ 175.000 no período. Aproximadamente, 162 pessoas foram atendidas pelo comércio de alimentação. A média da refeição foi de R$ 35,00, o que movimentou R$ 22.680 ao todo.

Palmas - A PM não divulgou o número de turistas que visitam a Capital durante o carnaval. Dos 5.200 leitos de hotéis disponíveis, 20% apenas foram ocupados (1.040 leitos). O valor médio da diária foi de R$ 105,89, o que gerou uma arrecadação total de R$ 175.680. A Adetuc não divulgou também os dados referentes à alimentação. 


Autor:AMZ Noticias com Assessoria


COMENTÁRIOS:

Notice: Undefined index: envio in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 201
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia


Notice: Undefined variable: rsDestaque1 in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 325

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 325

Notice: Undefined variable: rsDestaque2 in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 327

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 327

Notice: Undefined variable: rsUltimas1 in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 329

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 329

Notice: Undefined variable: rsUltimas2 in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 331

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/norteara/public_html/noticia.php on line 331