Sábado, 08 de Agosto de 2020

Força Nacional duplica número de agentes no combate à criminalidade no estado do Pará




COMPARTILHE

“De um tempo pra cá a gente não pode sair mais nem de dia. A gente já saí de casa com medo. Agora, com a Força Nacional, a tendência é melhorar. O cidadão de bem não pode ficar o tempo todo sobressaltado. Tenho certeza que vai melhorar”, a declaração de esperança é de D.N. L, morador do bairro da Terra-Firme, que preferiu não se identificar, mas que está confiante de que com a chegada da tropa da Força Nacional, a realidade no bairro onde vive mudará para melhor.

O bairro da Terra-Firme, em Belém, foi um dos sete locais que passou a ter, a partir da segunda-feira (25), reforço na segurança com a presença e atuação dos agentes da Força Nacional. O efetivo do 20° Batalhão de Polícia Militar teve um aumento de 100% para trabalhar nas ruas, combatendo a violência e gerando tranquilidade para a população.

O efetivo da área de abrangência do 20° BPM, que antes contava com uma média de 20 policiais, passará a ter, durante os próximos 90 dias, 40 militares, em períodos mais críticos do dia. Após esta primeira ação, outros serviços serão ofertados na comunidade a fim de gerar paz e tranquilidade permanente aos moradores.

“Nosso objetivo é estar em sintonia e integrado com os agentes da Força Nacional para fazer um policiamento mais completo e utilizar isto para reduzir nossos índices”, destacou o Tenente Klauber, do 20° Batalhão.

Nesta primeira noite, a tropa deu início ao trabalho de verificação do local, como explica a comandante da operação da Força Nacional no Pará, Major Keyssiane Sal. “Durante essa primeira noite no bairro estivemos com seis guarnições e 24 agentes fazendo o reconhecimento da área, além do patrulhamento tático junto com os agentes do comando para que assim possamos ter êxito na operação. Estamos tendo conhecimento dos grandes corredores, rotas de fugas e informações das principais ocorrências”, pontuou a Major.

Após conhecerem o bairro, os militares foram levados até a seccional de São Brás, onde são feitas as apresentações, em caso de qualquer ocorrência que venha a acontecer na área do batalhão.

Guamá, Jurunas, Cabanagem e Benguí, todos na capital, além de áreas críticas dos municípios de Ananindeua e Marituba foram os locais escolhidos neste primeiro momento. Uma avaliação contínua indicará se a FN permanecerá no mesmo local, ou agirá em outro, onde existir maior necessidade.

A operação teve início na segunda-feira (25), em uma solenidade de apresentação da tropa que contou com a presença do Governador do Estado, Helder Barbalho e demais autoridades estaduais.

O evento de lançamento da operação ocorreu no Hangar Centro de Convenções. O pedido dos agentes da Força Nacional foi feito através do ofício 001/2019, no dia 2 de janeiro, como primeiro ato do governador Helder Barbalho, após tomar posse. A atuação se dará tanto nas ações de policiamento ostensivo quanto em áreas como a polícia judiciária e na perícia forense.


Autor: AMZ Noticias com Aline Saavedra


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias