Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019

Preso terceiro suspeito de participação do brutal assassinato de mãe e filha em Altamira




COMPARTILHE

Um terceiro homem foi preso nesta sexta-feira (26) suspeito de participação no duplo homicídio de Fernanda e Maria Isabella Moura de Oliveira, mãe e filha, encontradas mortas na cidade de Altamira, na última terça-feira (23). A Polícia Civil informou que, com esta prisão, encerrará o inquérito em breve. O novo preso teria ajudado a cavar as covas e enterrar as vítimas, por isso, deve ser acusado também por ocultação de cadáver.

Na quarta-feira (24) dois homens já haviam sido presos pelo crime. Geovani Silva, que confessou ter executado as vítimas, morreu minutos após ter sido transferido para o Centro de Recuperação de Altamira. Uma segunda pessoa havia sido presa porque na casa dela foi encontrada a motocicleta da família, usada no crime. Este suspeito foi transferido para um novo presídio após a morte do assassino confesso.

Entenda - Mãe e filha estavam desaparecidas desde a última terça-feira (23). O esposo e pai das vítimas procurou a polícia para iniciar as buscas. Durante as investigações, a polícia encontrou divergências no depoimento do filho de uma vizinha. Pressionado pela mãe, na tarde da quarta-feira (24) , ele confessou o crime e levou os policiais até o local onde estavam enterrados os corpos, em uma cova de 40 cm de profundidade, distante cerca de 15 quilômetros da residência das vítimas.

Os corpos foram removidos para perícia no Instituto Médico Legal (IML) e liberados no início da noite, quando começou o velório. Moradores da cidade fizeram protestos em frente à Delegacia local pedindo justiça. Na sexta-feira (26), os presos foram transferidos para o Centro de Recuperação de Altamira, onde os presos haviam feito um protesto contra a chegada dos envolvidos no duplo homicídio.

Minutos depois, Geovani Silva, de 19 anos, foi encontrado morto dentro da cela, enquanto o segundo suspeito preso porque estava com a motocicleta das vítimas estava ferido com golpes de armas de fabricação artesanal. Ele teria assumido a responsabilidade pela morte de Geovani. Em seguida, este preso foi transferido por medida de segurança.


Autor: AMZ Noticias com G1


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia