Sexta-Feira, 07 de Agosto de 2020

Homem que matou mulher por causa de bolo em festa é liberado porque não houve flagrante




COMPARTILHE

O homem de 47 anos suspeito de matar a dona de casa Vanderléia Inácio dos Santos, de 25 anos, após uma briga por conta de bolo em Sete Barras (SP) foi indiciado por homicídio qualificado. A informação é da Isto É. De acordo com a polícia civil, o pedido de prisão temporária será avaliado após conclusão do inquérito policial, em até 30 dias.

Segundo a reportagem, o suspeito compareceu espontaneamente à delegacia da cidade na última terça-feira (18), três dias após o crime, e foi liberado em seguida. A Polícia Civil disse que ele não foi preso porque não havia mandado de prisão, já que não houve flagrante.

O CRIME - O crime ocorreu na noite do último sábado (15) no bairro Onça Parda, onde mora a família e teve grande repercussão por causa do motivo banal. Segundo o Boletim de Ocorrência, Vanderleia teria levado um bolo em vez de salgados à festa, contrariando o combinado.

Uma discussão teria iniciado e o homem foi até o carro, pegou a arma e atirou contra vítima. Ao todo, três disparos foram dados na vítima, que estava com três dos quatro filhos no momento.  Vanderleia deixa uma menina de 6 anos e três meninos: um de 8, outro de 4 anos, além de um bebê de 10 meses. 


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias