Segunda-Feira, 26 de Agosto de 2019

Acusado de matar PM durante assalto em Ourilândia, morre durante confronto em Tucumã




COMPARTILHE

O nacional Pablo Pereira Laranjeiras, acusado de participar de um assalto que vitimou o policial militar Rutembergue da Silva Ávila, na cidade de Ourilândia do Norte, foi morto no sábado (06) durante uma tentativa de prisão na cidade de Tucumã.

O acusado estava escondido no Lago das Rosas, na cidade localizada no sudoeste do Pará. e ao tentar prende-lo, os policiais foram recebidos à tiros, os agentes da lei reagiram e atingiram Pablo que morreu no local. Pablo tinha mandado de prisão preventiva e estava de posse de um revólver calibre 38.

Pablo era acusado de homicídio qualificado que vitimou o Soldado PM Rutemberg Ávila, no dia 31 de maio deste ano, em Ourilândia, durante uma tentativa de assalto em frente à agência da Caixa, o policial militar estava de folga e foi morto ao reagir ao assalto. Ele foi o 22º policial militar assassinado este ano no Estado.

O soldado Rutembergue da Silva Ávila, tinha 28 anos e morreu em um hospital local, após ser submetido a uma cirurgia necessária devido aos tiros que recebeu. Ele trabalhava há cinco anos e meio a corporação, e deixou esposa e um filho, que estão sendo atendidos pelo Centro Integrado de Psicologia e Assistência Social (Cipas) da Polícia Militar.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia