Terca-Feira, 12 de Novembro de 2019

No Dia do Homem, Secretaria de Saúde do Pará alerta para cuidados com a saúde masculina




COMPARTILHE

De acordo com a Sespa, é baixa a procura de homens pelos serviços de saúde pública, por questões socioculturais. População masculina tende a buscar ajuda quando a doença já está grave.

Os homens morrem mais cedo que as mulheres por falta de cuidado, sendo as maiores vítimas de doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, e de causas externas, como violência no trânsito, além também do câncer de próstata, o que mais acomete homens no Pará. Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), que alerta para a importância dos cuidados com a saúde masculina neste 15 de julho, Dia Nacional do Homem.

De acordo com a Sespa, é baixa a procura de homens pelos serviços de saúde pública, por questões socioculturais. Diferente da mulher, que faz a prevenção, a população masculina tende a buscar ajuda quando a doença já está grave. Nesse contexto, a Coordenação Estadual de Saúde do Homem da Sespa atende convites de instituições públicas e privadas para ministrar oficinas sobre a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, criada e estimulada pelo Ministério da Saúde, e palestras sobre câncer de próstata, de pênis, HPV, hipertensão arterial e diabetes, morbidades que mais acometem a população masculina.

Atendimento - O atendimento do homem, assim como da população em geral, inicia na Atenção Básica (atendimento primário), pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS). A partir da consulta, o profissional pode encaminhar o paciente para os serviços e centros especializados, como Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) ou Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), no caso da saúde bucal.

Exames de prevenção como de sangue (hemograma e dosagem dos níveis de colesterol total e frações, triglicerídeos, glicemia e insulina); aferição de pressão arterial, teste de glicemia, atualização do cartão de vacina, verificação de peso e cálculo de IMC (índice de massa corporal); e função pulmonar (indicada aos fumantes) podem ser feitos na Atenção Básica.


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia