Quarta-Feira, 21 de Agosto de 2019

Governador Carlesse comemora liberação de empréstimos da Caixa para o Tocantins




COMPARTILHE

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, comemorou a decisão da desembargadora Maria do Carmo Cardoso, da Justiça Federal da 1ª Região, em Brasília, que deferiu pleito do Estado do Tocantins, autorizando a assinatura de contrato de financiamento com a Caixa Econômica Federal.

Com decisão proferida no ultimo sábado, 27, a Caixa Econômica Federal está autorizada a conceder dois empréstimos ao Estado do Tocantins, um no valor de R$ 453 milhões e outro de R$ 130 milhões. O primeiro viabiliza obras como a conclusão do Hospital Geral de Gurupi e a construção do Hospital Geral de Araguaína, além de rodovias como a de Gurupi ao Trevo da Praia, e também obras de infraestrutura em todos os 139 municípios. Já o segundo contrato, de cerca de R$ 130 milhões, viabiliza a construção da ponte de Porto Nacional na TO-255.

"É uma grande vitória do povo do Tocantins. Desde que assumimos o Governo, estamos trabalhando para assinar esses contratos e começar essas obras que vão gerar empregos e desenvolvimento. O Estado todo vai ser beneficiado e o Tocantins terá um grande impulso no seu desenvolvimento", afirmou o Governador. 

A Desembargadora considerou o prejuízo que o Estado e a população estavam submetidos com o bloqueio da liberação dos recursos. "O atraso nó início dessas obras tem causado muito sofrimento para o nosso povo, mas agora vamos imprimir um ritmo de trabalho forte, gerar empregos e impulsionar o desenvolvimento dos 139 municípios", ressaltou o Governador Mauro Carlesse. 


Autor: AMZ Noticias com Élcio Mendes


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia