Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019

Integrantes de quadrilha de furto e receptação de caminhonetes são presos em Barra do Garças




COMPARTILHE

Dois integrantes de uma quadrilha especializada em furto e receptação de caminhonetes tiveram mandados de prisão cumpridos pela Polícia Civil, na ultima  segunda-feira (05.08), dentro do trabalho investigativo realizado pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Barra do Garças.

Os suspeitos, J.G. e N.T., tiveram as ordens de prisão decretadas pela Justiça após serem identificados como membros da associação criminosa, nas investigações presididas pelo delegado, Nelder Martins Pereira. As primeiras diligências iniciaram no dia 28 de abril, após o roubo de uma caminhonete Amarok, na cidade de Rio Verde (GO). Na ocasião, uma família foi feita refém, sendo também subtraídos objetos da residência.

As investigações apontaram que membros da associação criminosa, atuante em Barra do Garças, foram os receptadores do veículo. Na época, em ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Militar a caminhonete foi recuperada e um suspeito foi preso. Com a identificação da quadrilha, o delegado representou pelas prisões dos suspeitos, decretadas pela Justiça. e cumpridas na segunda-feira (05), quando os investigados se apresentaram na delegacia na presença de advogado.

Segundo o delegado, Nelder Martins Pereira, as investigações continuam com objetivo de colher outros elementos de informação para identificação e prisão de demais suspeitos. “Uma vez que informes dão conta que esta quadrilha atua nos Estados de Mato Grosso e Goiás cometendo crimes patrimoniais graves”, completou o delegado.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia