Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019

Secretário Municipal de Educação de Xinguara emite nota sobre precatórios do Fundef




COMPARTILHE

O Secretário de Educação de Xinguara, Vilmones da Silva, usou meios de comunicação para falar sobre o polemico caso dos precatórios do Fundef – atualmente Fundeb, ele se dirigiu educadamente a todos, dando sua opinião como professor, e também como gestor da pasta de educação do importante município paraense.

Na nota o secretario diz “Amigos e Amigas, companheiros de sala e educação da nossa querida cidade de Xinguara, um assunto que vem sendo debatido em todo o Brasil e por todos os educadores e pela nossa equipe de gestores que estão à frente da secretaria de educação desde 2013”.

“Estamos trabalhando em todas as esferas, seja ela política ou jurídica. Para que todos tenham o direito resguardado e garantido sobre os recebimentos do precatório. Palavra que encheu de esperança todos os servidores da educação pública. Que veem uma luz e oportunidade de reparar um pouco da desvalorização que essa categoria sofre historicamente.” “Resguardo aos senhores (as) que o último posicionamento do Tribunal de Contas da União (TCU) ceifou essa expectativa e causou uma imensa frustração coletiva dos trabalhadores e trabalhadoras.”

“Reitero que na pessoa de gestor da Secretaria de Educação de Xinguara, mas acima de tudo, como servidor de sala (professor) reafirmo que, não nos acovardamos e para que (todos fiquem cientes) que a nossa equipe técnica e jurídica tem trabalhado para garantir o direito de todos no recebimento dos provimentos do precatório do Fundef.” “É pedido especial do nosso prefeito Osvaldinho Assunção, e do nosso Senador da República Zequinha Marinho, para que estes valores sejam devolvido aos seus verdadeiros donos (educadores e educação)”. 

“Porque a nossa gestão reconhece e tem gratidão a cada educador que tanto faz pela educação dos nossos alunos do município de Xinguara. Não será uma batalha fácil, mas tenho certeza que juntos iremos vencer. E podem ter certeza na hora certa e no tempo de Deus todos os senhores e senhoras terão o que é de direito em suas respectivas contas.”

“Portanto, companheiros e companheiras educadores, deixo um forte abraço no coração de cada um e minha gratidão pelo amor que cada um tem em educar e garantir um futuro melhor para nossos cidadãos. Vilmones da Silva, Secretário de Educação de Xinguara”

A decisão de pagamento dos precatórios tem sido causa de inúmeros embates, ss precatórios têm origem em erros de cálculos da União ao efetuar os repasses da complementação do Fundef – atualmente Fundeb – a estados e municípios. O passivo acumulado no período entre 1998 e 2006 chega a R$ 90 bilhões.


Autor: AMZ Noticias com Luiz Pereira


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia