Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019

Mato Grosso registra mais de sete mil focos de calor em apenas 02 dias do mês de setembro




COMPARTILHE

Mato Grosso apresentou 7.512 focos de calor nos dois primeiros dias de agosto. Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostram que Colniza (1.065 km a noroeste de Cuiabá) e Ribeirão Cascalheira (900 km a leste) lideram esse ranking no estado, com 528 e 527 focos cada.

Nesse período foram registrados focos de calor em mais de 80 municípios de Mato Grosso. Em relação ao bioma afetado, 55,5% dos focos foram na região amazônica e 42,5% no pantanal. Já na comparação com os municípios de todo o país, Colniza está em 9º e Ribeirão Cascalheira em 10º lugar entre os que mais apresentaram focos durante as 48 primeiras horas de setembro.

Sobre as áreas de preservação que apresentaram focos de calor, as mais preocupantes são a Reserva Quelônios do Araguaia, localizada entre os municípios de Ribeirão Cascalheira e Cocalinho (923 km a leste) e o Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, com 202 e 177 focos respectivamente. Nas terras indígenas, o maior alerta é na Areões, em Nova Nazaré (269 km a leste), região que foi alvo de uma operação do Ibama no final de agosto, por causa do fogo que já atingiu mais de 219 mil hectares na área protegida.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia