Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019

Dois vereadores de Mato Grosso são afastados suspeitos de exigirem salários de servidores




COMPARTILHE

A Justiça de Mato Grosso determinou o afastamento de dois vereadores da cidade de Itiquira, localizada a 359 km de Cuiabá. Segundo o Ministério Público (MP-MT), Josenildo Martins (PSL) e João Neto da Silva (PHS) são suspeitos de exigirem parte dos salários de servidores para mantê-los nos cargos comissionados.

Os dois respondem a uma ação civil pública por improbidade administrativa e foram denunciados pelos crimes de peculato, concussão e associação criminosa. A reportagem tenta localizar a defesa dos citados. De acordo com a denúncia, os parlamentares praticavam a popular 'rachadinha' e cobravam parte da remuneração dos servidores por eles nomeados como condição para permanência no cargo.

O crime foi descoberto depois de reuniões com os servidores da Câmara para explicar as consequências de crimes contra a administração pública, praticados em repartições públicas. Após a reunião, realizada em julho, alguns servidores da Câmara procuram a promotoria para denunciar o caso. Segundo a Câmara de Itiquira, os dois vereadores já foram afastados e os respectivos suplentes devem assumir as cadeiras vagas nesta terça-feira (3)


Autor: AMZ Noticias com Midia News


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia