Sábado, 19 de Outubro de 2019

Raoni Metuktire diz para jornal inglês que Bolsonaro 'semeia a morte' na Amazônia




COMPARTILHE

O cacique mato-grosense Raoni Metuktire, líder indígena e ambientalista que defende a Amazônia, publicou uma carta no jornal inglês The Guardian. No texto ele faz críticas à postura de Jair Bolsonaro (PSL) em relação às terras indígenas e à exploração dessas áreas.

Em trecho da carta o cacique afirma que Bolsonaro "destrói nossas terras, envenena o planeta e semeia a morte, porque está perdido. E logo será tarde demais para mudar".

Raoni também afirma que há muitos anos os líderes indígenas e povos da Amazônia tem avisado dos danos às florestas e que está sendo feito "mudará o mundo inteiro e destruirá nossa casa – e destruirá sua casa também".

O líder enfatiza que agora os povos indígenas estão "lutando juntos contra nosso inimigo comum. E esse inimigo comum é você [Bolsonaro], os povos não-indígenas que invadiram nossas terras e agora estão queimando até mesmo aquelas pequenas partes das florestas onde vivemos que você deixou para nós.

Ele também questiona sobre as motivações para destruir a vegetação nativa para a agricultura em larga escala. "Você diz que é para desenvolvimento – mas que tipo de desenvolvimento tira a riqueza da floresta e a substitui por apenas um tipo de planta ou um tipo de animal? (...) Para quem é esse desenvolvimento? Apenas algumas pessoas vivem nas terras agrícolas; eles não podem apoiar muitas pessoas e são estéreis". A motivação, segundo o cacique, é ára ganhar dinheiro, o que "língua Kayapó, chamamos seu dinheiro de piu caprim, 'folhas tristes', porque é uma coisa morta e inútil, e traz apenas danos e tristeza".

Em outro trecho da carta, o líder indígena faz um alerta. "Todos nós respiramos esse ar, todos bebemos a mesma água. Vivemos neste planeta. Precisamos proteger a Terra. Se não o fizermos, os grandes ventos virão e destruirão a floresta. Então você sentirá o medo que nós sentimos".


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Norte Araguaia