Sábado, 11 de Julho de 2020

Padres de Mato Grosso são acusados de praticarem abusos sexuais contra coroinhas




COMPARTILHE

A Polícia Civil da cidade de Rondonópolis (220 KM de Cuiabá) abriu procedimento investigatório contra os padres Jhonatha Almeida da Silva e Thiago Silveira Barros.

Eles estão sendo acusados de praticarem Sodomia contra vários coroinhas da igreja católica da cidade, entre elas a São José Operário. Uma das denuncias partiu de um adolescente de 17, que registrou Boletim de ocorrência contra eles.

Segundo a denúncia, o adolescente teria sido vítima de estupro praticado pelo padre Thiago Barros, em julho deste ano. Ele disse ainda que desde os 13 era forçado a praticar ato de Sodomia com o padre. A relação homossexual – afirma – foi até aos 17. Ele revelou também que foi estuprado pelo padre quando decidiu terminar o namoro entre os dois. 

Na polícia, o adolescente apresentou provas de conversas entre ele e o padre pelo aplicativo WhatsApp. Outro adolescente também teria sido abusado pelo padre que lhe dava presente em troca do silêncio. O padre Jhonatha também foi denunciado por um dos adolescentes e é investigado por aliciamento, assedio e pratica de ato libidinoso consumado.

 


Autor: AMZ Noticias com RDNews


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias