Terca-Feira, 14 de Julho de 2020

Lutador é preso no Tocantins suspeito de manter adolescente preso em quarto com ameaças




COMPARTILHE

Um homem de 31 anos foi preso pela Polícia Militar em Angico, norte do Tocantins, suspeito de manter um adolescente de 16 anos em cárcere privado. De acordo com a PM, o suspeito é lutador de artes marciais e estaria ameaçando o menor com um tipo de espada.

O caso foi registrado na noite desta quinta-feira (30), por volta das 23h. A polícia informou que foi chamada pela mãe do adolescente. A mulher contou que o filho enviou várias mensagens de celular pedindo socorro e informando que estava sendo mantido em cárcere privado por um homem.

Os militares foram até o endereço informado pela mãe da vítima, onde começaram a conversar com o suspeito. Segundo a polícia, a vítima teria aproveitou o momento para pular o muro da casa e escapar, sendo localizado próximo ao local momentos depois.

A PM informou que o menor estava atordoado, mas contou que estava sendo mantido preso em um quarto, no fundo da casa, desde 17h. Ele afirmou ainda que foi ameaçado com uma espada o tempo todo. Os militares tentaram prender o suspeito, que reagiu e entrou em luta com os policiais. A PM informou que ele é lutador de artes marciais e por isso foi necessário uso da força para fazer a prisão.

O suspeito foi levado para a Delegacia de Tocantinópolis e foi autuado em flagrante pelos crimes de sequestro e cárcere privado. Depois, foi mandado para a cadeia pública de Ananás. A Polícia Civil informou que investiga as motivações do crime e a suspeita é sobre desavenças entre o autor e parentes da vítima.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias