Sábado, 19 de Setembro de 2020

PM prende suspeitos de manter família em cárcere privado e roubar veículo em Pontes e Lacerda




COMPARTILHE

Policiais militares de Pontes e Lacerda (a 448 km de Cuiabá) prenderam seis pessoas supostamente envolvidas em um roubo a uma residência, cujos moradores foram mantidos em cárcere privado durante a ação criminosa, na madrugada desta sexta-feira (31.01).

Conforme o relato policial, três homens e três adolescentes teriam invadido uma casa, localizada na área central do município, para roubar a caminhonete Nissan Frontier XE X4 e pertences da família. Um casal de idosos, de 92 e 83 anos, e a filha deles foram mantidos presos durante o roubo.

Os policiais localizaram um dos suspeitos, que estava com o celular de uma das vítimas. Por meio de aplicativo de conversa, os militares localizaram e prenderam os outros envolvidos. Durante as buscas nas casas dos suspeitos, os policiais encontraram dois simulacros de pistola.

Conforme os envolvidos foram sendo capturados, os militares descobriram o envolvimento de outras pessoas, que já tinham atravessado o veículo para a Bolívia por Vila Bela da Santíssima Trindade. Todos os suspeitos foram reconhecidos pelas vítimas e confessaram participação na ação criminosa.

Serviço -  A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.


Autor: AMZ Noticias com Maricelle Lima


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias