Terca-Feira, 26 de Maio de 2020

Fazenda no Tocantins é interditada após caso de mormo ser confirmado pela Adapec




COMPARTILHE

A Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) interditou uma fazenda de Formoso do Araguaia onde um caso de mormo em cavalo foi confirmado. A informação consta na nota técnica sobre o caso emitida pela Agência.

De acordo com o documento, equipes do Serviço Veterinário estão monitorando a propriedade e está proibida a entrada ou saída de cavalos e éguas do local. Inicialmente a Adapec informou que o foco era na ilha do Bananal, mas após o levantamento ser concluído ficou constatado que a fazenda está localizada fora da ilha. As medidas devem permanecer em vigor até que o local seja completamente saneado.

De acordo com a Adapec, as propriedades rurais que fazem divisa com a fazenda onde o caso foi confirmado também serão vistoriadas. O objetivo é eliminar qualquer possibilidade de disseminação da doença. A agência informou ainda que desde junho de 2015, quando foi confirmado o primeiro caso no Tocantins, ocorreram 36 casos positivos da doença, sendo que o último foi em 22 de novembro de 2017.

A situação começou no dia 26 de janeiro, quando houve a notificação de que um animal havia sido identificado com mormo, no exame de triagem. Depois disso, o órgão notificou o produtor, que isolou o animal até a realizado do exame complementar, que confirmou a doença. O responsável pelo Programa Estadual de Sanidade dos Equídeos da Adapec, Raydleno Mateus Tavares, explica que até o momento não há informação sobre como o animal contraiu a doença.

A Secretaria Estadual da Saúde foi notificada, já que a doença pode ser transmitida ao homem. Em casos de suspeita da doença, o produtor rural deve notificar imediatamente a Adapec em uma das suas unidades ou pelo Disque Defesa 0800 63 11 22, bem como denunciar trânsito clandestino de animais.

O mormo é uma doença infectocontagiosa causada por bactéria que acomete principalmente os equídeos (asininos, equinos e muares). Os principais sintomas são nódulos nas narinas, corrimento purulento, pneumonia, febre e emagrecimento. Existe ainda a forma latente na qual os animais não apresentam sintomas, mas possuem a enfermidade.


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias