Segunda-Feira, 30 de Marco de 2020

Ações da Polícia Civil do Tocantins estão contribuindo para redução da criminalidade no estado




COMPARTILHE

As equipes de Segurança Pública do Tocantins vêm desenvolvendo um forte trabalho de combate à criminalidade. Com apoio irrestrito do governador Mauro Carlesse, a Polícia Civil tem atuado em grandes operações que contribuem para a diminuição de ocorrências e o aumento da sensação de segurança da população.

Somente neste mês de fevereiro, a Polícia Civil deflagrou diversas operações a exemplo da Operação Dolos para combate a fraudes de clonagens e emplacamentos de veículos automotores. A ação foi realizada por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFVRA), juntamente com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e a Polícia Militar (PM). Foram cumpridos mandados de prisão preventiva contra sete pessoas e mandados de busca e apreensão em 12 endereços nas cidades de Araguaína, Tocantinópolis e Wanderlândia.

Conforme investigado, a organização vinha cometendo crimes envolvendo clonagens e emplacamentos fraudulentos de veículos automotores, mais precisamente caminhões de alto valor. A organização seria especializada em legalizar a documentação de veículos roubados ou furtados em território nacional.

Outra operação de destaque realizada neste mês foi a Praetorium Minati. A ação foi realizada por meio da 1ª Divisão Especializada na Repressão ao Crime Organizado (Deic-Palmas) na Capital e em sete cidades do interior do Estado, além de Campo Grande (MS). A ação coibiu a atuação de uma facção de renome nacional que teria, inclusive, ameaçado magistrados da Vara Criminal da Capital. Foram cumpridos 29 mandados de prisão e outros 29 mandados de busca e apreensão.

Mais Operações - Na região sudeste do Tocantins, a Polícia Civil deflagrou a operação Entrudo, que combateu crimes patrimoniais e o tráfico de drogas na cidade de Taguatinga. Coordenada pela 8ª Delegacia Regional de Dianópolis (8ª DRPC), a ação resultou no cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão e duas prisões em flagrante.

Durante o cumprimento das ordens judiciais, os policiais civis conseguiram localizar e apreender arma de fogo, munições, celulares, várias porções de drogas já embaladas e prontas para a venda, diversos objetos furtados ou roubados, bem como duas motocicletas com sinais de identificação adulterados.

Também a 98ª Delegacia de Polícia de Natividade, em parceria com a Polícia Militar, prendeu em flagrante integrantes de uma associação criminosa que vinham realizando furto e aterrorizando a zona rural de Natividade. Sete pessoas foram conduzidas à delegacia e foram apreendidas três espingardas, uma arma de fogo artesanal, cinco motocicletas, duas peles de animais silvestres, entres outros objetos.

Combate ao tráfico - No combate ao tráfico interestadual de drogas, a Polícia Civil do Tocantins, em conjunto com a Polícia Militar de Goiás, realizou a operação Fronteira Segura. A ação contou com abordagens e fiscalizações em veículos coletivos de passageiros e veículos em geral nas cidades de Arraias, Campos Belos, Monte Alegre de Goiás, e nas rodovias situadas nas regiões limítrofes entre Tocantins e Goiás.

Já em Palmas, a 1ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (Denarc), com o apoio do Gaeco, apreendeu mais de 70 kg de maconha, escondidos em uma residência. Também foram apreendidos remédios de venda controlada, utilizados para a produção de cocaína, bem como outros insumos para a produção da droga.

A Denarc também efetuou, em Palmas, a prisão em flagrante de um homem suspeito de tráfico. Na casa do suspeito, os policiais apreenderam dezenas de barras de substância esverdeada análoga à maconha. A prisão ocorreu a partir de um levantamento de campo da operação Ragnarock, de combate ao tráfico de entorpecentes.

A Deic de Gurupi apreendeu, aproximadamente, 25 kg de drogas que estavam em poder de um homem e uma mulher que foram presos em flagrante por tráfico interestadual de drogas. Por sua vez, a Deic de Paraíso prendeu um homem com cerca de meio quilo de substância análoga à cocaína e aproximadamente 200 comprimidos de entorpecente análogo ao ecstasy. O homem foi abordado em um ônibus que trafegava pela BR-153.


Autor: AMZ Noticias com Sara Cardoso


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias