Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2020

Morre aos 80 anos, Dona Joana de Araújo, matriarca do grupo Catireiros do Araguaia




COMPARTILHE

Faleceu nesta sexta-feira (27), Joana de Araújo Fernandes, matriarca do grupo Catireiros do Araguaia. Segundo informações da família, ela enfrentava um problema de saúde há alguns meses. Ela tinha 80 anos e vivia com sua família em Araguaiana, Mato Grosso.

O grupo familiar Catireiros do Araguaia foi fundado pelo casal Orlando Fernandes e Joana junto com os seus filhos. Hoje, os netos e bisnetos também integram o projeto. A família conta com músicos, compositores e dançarinos. Eles cantam e tocam música sertaneja de raiz.

Como precursora do grupo artístico, dona Joana deixa para sua família e para a região do Araguaia uma rica contribuição cultural. O sepultamento da matriarca está marcado para amanhã (28), as 13h, em Araguaiana.

Catireiros do Araguaia - Os Catireiros do Araguaia colecionam aparições na televisão e até mesmo um documentário que leva o nome do grupo. Em 2016, foi lançado o documentário “Catireiros do Araguaia – uma família no palco, tradição dos pés à cabeça”.

O curta registra a trajetória e a produção do grupo ao longo dos anos. Ainda no mesmo ano, ocorreu a gravação de um show memorável que virou DVD, com direção da jornalista Carina Benedeti e fotografia do professor da UFMT Gilson Costa, coordenador do NPD/UFMT.


Autor: AMZ Noticias com Semana7


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias