Terca-Feira, 27 de Outubro de 2020

Mato Grosso vai distribuir merenda escolar para alunos beneficiados com o Bolsa Família




COMPARTILHE

Tem quase um mês que as escolas públicas estão fechadas para evitar a propagação do novo coronavírus e, consequentemente, as crianças estão sem merenda escolar. As aulas estão suspensas até o dia 30 de abril.

Em Mato Grosso, o governo informou que vai distribuir um kit com alimentação escolar para os alunos de famílias de baixa renda inscritas no Bolsa Família. Vão receber os kits 55.575 alunos inscritos no programa. As entregas começam na próxima segunda-feira (20).

De acordo com a Secretaria Estadual de Educação (Seduc), nesta semana serão feitas as compras, a separação dos produtos e o envio do comunicado aos pais. O valor estimado de cada kit por família é de R$ 45, ou seja, o custo total da alimentação será de R$ 2.509.065.

Os kits contém feijão, arroz, macarrão, óleo, molho de tomate, sal e frango, e ainda podem ser acrescidos de outros produtos caso haja disponibilidade nas unidades escolares.

Já nas escolas municipais de Cuiabá os kits da alimentação escolar para os alunos matriculados em unidades da rede, também atendidos pelo programa Bolsa Família, foram distribuídos entre os dias 23 e 28 de março. Ao todo, foram distribuídos kits para 7 mil alunos.

Os kits da merenda escolar eram compostos por sete itens (todos do cardápio da merenda), em quantidade suficiente para atender a criança por um período de 15 dias - período do isolamento domiciliar definido nesse primeiro decreto. O Executivo Municipal ainda avalia a distribuição de kits para outros cerca de 53 mil estudantes da rede municipal.


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias