Quarta-Feira, 15 de Julho de 2020

Policia de Mato Grosso prende tio acusado de matar o próprio sobrinho há 26 anos no Tocantins




COMPARTILHE

A Polícia Civil de Vila Rica (1.259 km a nordeste de Cuiabá), em parceria com a Polícia Civil do estado do Tocantins cumpriu nesta quarta-feira (29.04), o mandado de prisão contra um homem que estava foragido da Justiça há mais de 26 anos, acusado do homicídio do próprio sobrinho.

A prisão do foragido ocorreu menos de 24 horas após a equipe da Polícia Civil do Tocantins entrar em contato com a Delegacia de Vila Rica sobre o mandado de prisão em aberto.

Assim que recebeu as informações, a equipe de investigadores iniciou as diligências, coordenadas pelo delegado Luiz Felipe Nascimento Leoni, e conseguiu localizar e dar cumprimento ao mandado de prisão contra o foragido. O foragido da justiça foi encaminhado à Delegacia de Vila Rica para as providências cabíveis.

Crime - Segundo as informações, o bárbaro homicídio ocorreu no dia 19 de março de 1994, próximo a uma fazenda no município de Filadélfia (TO), quando o tio efetuou um disparo de arma de fogo contra a cabeça do seu sobrinho José Ribamar Félix Aires.

O crime ocorreu quando vítima e suspeito estavam seguindo juntos a cavalo, a caminho de casa, depois de passarem o dia em uma “reza”. Na síntese da decisão da Justiça consta: “(...) Nos autos vislumbra-se, ser (o denunciado) pessoa violenta e o crime ser daqueles que causam repugnância e desconforto no meio social, ameaçando inclusive o prestígio da própria justiça, além de estar se furtando de responder aos seus atos.”


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias