Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020

Polícia prende homem que vendeu 22 respiradores falsos para a prefeitura de Rondonópolis




COMPARTILHE

A Polícia Civil prendeu na quinta-feira (30) o principal suspeito de vender respiradores pulmonares falsificados para a Prefeitura de Rondonópolis (212 km ao sul da Capital). Os 22 aparelhos tiveram as caixas adulteradas para enganar a prefeitura, já que não serviam para a função anunciada pelo vendedor.

Os respiradores são os equipamentos mais utilizados para os casos de pacientes com a covid-19 em estado grave. Um boletim de ocorrência foi registrado em 22 de abril, quando os aparelhos foram recebidos pela prefeitura e constatada a falsidade dos produtos.

Por causa da fraude, foram bloqueados R$ 3 milhões nas contas da empresa. O suspeito foi preso ao retornar a Rondonópolis para tentar reverter o bloqueio. Até quinta-feira (30), Rondonópolis registrou 48 casos do novo coronavírus e duas mortes. Em Mato Grosso são 302 diagnóstico, 11 óbitos e 16 pessoas internadas em decorrência da doença, que matou mais de 5 mil pessoas no Brasil.

“As investigações identificaram que o suspeito adquiriu monitores cardíacos, equipamento de valor muito inferior a de um respirador pulmonar, pelo valor de R$ 10 mil e adulterou o produto para dar aparência de ventiladores e revendeu à Prefeitura pelo valor de R$ 190 mil cada”, explica o delegado responsável pelo caso, Santiago Rozendo.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias