Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020

Veja quanto cada município de Mato Grosso receberá para conter a pandemia do Covid 19




COMPARTILHE

O Senado Federal aprovou na noite do sábado (2), um auxílio financeiro de R$ 125 bilhões a estados e municípios para combate aos efeitos da pandemia da covid-19. O valor, previsto pelo Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus (PLP 39/2020), inclui repasses diretos e suspensão de dívidas.

O estado de Mato Grosso Mato Grosso vai receber R$ 1,1 bilhão para compensar perdas com a Covid-19, valor será rateado pelso141 municípios do estado.

A maior fatia ficara com a Prefeitura de Cuiabá que receberá cerca de R$ 200 milhões em caixa do pacote de socorro aprovado pelo Senado no valor de R$ 125  bilhões. De acordo com o Senado, deste total R$ 25 bilhões serão destinados aos municípios nos termos do Programa Federativo de Enfrentamento ao novo coronavírus.

Os 141 municípios do Estado receberão juntos cerca de R$ 1,1 bilhão. Só a Capital de Mato Grosso receberá R$ 200,303 milhões. Várzea Grande, que é a segunda maior cidade em termos de população, receberá R$ 93,185 milhões.

Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) ficará com R$ 76 milhões, Sinop (500 km ao norte) R$ 46,7 milhões, Tangará da Serra (239 km ao médio-norte) R$ 33 milhões, Cáceres (225 km a oeste) R$ 30 milhões, Lucas do Rio Verde (354 km ao norte) R$ 21 milhões, Primavera do Leste (231 km ao sul) R$ 20 milhões e Barra do Garças (509 km a leste) R$ 19 milhões.

A menor cidade do estado em termos de população, Araguainha ( 406 Km ao sul de Cuiabá), com 935 habitantes, receberá R$ 305,7 mil. Os municípios deverão usar parte da ajuda para o pagamento de profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS) e no Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

De acordo com a proposta aprovada, os R$ 125 bilhões serão divididos da seguinte forma: R$ 10 bilhões serão repassados para o enfrentamento à pandemia da covid-19, sendo R$ 7 bilhões aos estados e R$ 3 bilhões às prefeituras. A divisão seguirá a taxa de incidência de contaminação do novo coronavírus de acordo com os dados do Ministério da Saúde.

Outros R$ 50 bilhões serão divididos entre estados e municípios, sendo R$ 30 bilhões indo diretamente aos governos estaduais e outros R$ 25 bilhões às prefeituras. Já os outros R$ 60 bilhões serão por conta da suspensão das dívidas entes federados com a União neste ano, como também a permissão de renegociação de dívidas dos estados e municípios com bancos públicos e internacionais. Veja lista detalhada de valores pro cidade.


Autor: AMZ Noticias com Gazeta Digital


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias