Terca-Feira, 14 de Julho de 2020

Araguatins suspende comércio por 15 dias e endurece medidas contra a pandemia de Covid-19




COMPARTILHE

A Prefeitura de Araguatins, na região do Bico do Papagaio, publicou um decreto com diversas medidas de restrição no município. O texto suspende o funcionamento dos comércios, feiras, eventos religiosos e vários outros seguimentos a partir desta quarta-feira (13). A cidade tem 19 casos de coronavírus e teve a primeira morte por Covid-19 confirmada.

Conforme o novo decreto publicado nesta segunda-feira (11) ficam suspensos por 15 dias os seguintes seguimentos: Academias, ginásios e centros esportivos públicos e privados; Bares, restaurantes, casas de festa, boates, balneários e similares; Lojas ou estabelecimentos comerciais, inclusive comércio ambulante;

Também entraram no decreto Feiras livres; Cultos, missa e atividades religiosas que causem aglomerações; Atividades em praças esportivas e entretenimento de uso compartilhado; Vendas de bebidas alcoólicas em todos os estabelecimentos comerciais.

Outros segmentos vão poder funcionar sendo eleas: Órgãos de imprensa e meios de comunicação; Bancos; Estabelecimentos médicos e odontológicos (apenas emergência), hospitais, laboratórios, farmácias, psicólogos, clínicas de fisioterapia e vacinação; Distribuidoras e revendedoras de água, gás e energia;Telecomunicações, internet e segurança privada; Postos de combustíveis; funerárias, padarias, clínicas veterinárias, supermercados e congêneres; Oficinas mecânicas, sem permanência dos clientes; Serviços de manutenção de bombas e irrigação, ventiladores e ar-condicionado e Transporte e entrega de cargas e numerários.

Durante o período de suspensão os restaurantes, lanchonetes e similares poderão trabalhar com entregas, assim como lojas e estabelecimentos comerciais. Os estabelecimentos bancários, conforme o decreto municipal, deverão prestar atendimento presencial exclusivamente para atividades que não podem ser realizadas nos caixas eletrônicos, além de atender aposentados, pensionistas, bolsa família e auxílio emergencial.

O serviço de táxi só poderá funcionar dentro da cidade, com no máximo dois passageiros por viagem. Os taxistas deverão fornecer álcool para os passageiros e higienizar os veículos. No caso de mototáxi, capacetes deverão ser higienizados após cada viagem.

A fiscalização das medidas será feita pelos órgãos municipais e pela segurança pública. O texto também prevê multa de R$ 1 a R$ 3 mil em caso de descumprimento, além de sanções administrativas como a cassação de licença para funcionamento.


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias