Sábado, 19 de Setembro de 2020

Oficiais do CIOPAer de Mato Grosso contraem coronavírus e existem denúncias de falta de EPI,s




COMPARTILHE

Com 26 mortos e 792 infectados, o coronavírus avança em Mato Grosso, atinge 56 municípios e chegou à cúpula da unidade aeropolicial mato-grossense, o CIOPAer, em Várzea Grande, onde o coronel que a comanda, um tenente-coronel e um major, todos da Polícia Militar (PM), testaram positivo e se encontram em isolamento domiciliar, mas ativos, fazendo teletrabalho.

Policiais denunciam a falta e precariedade de equipamentos de proteção individual (EPIs), o que coloca em risco seus integrantes, que nos últimos dias ganharam nova missão: transportar pacientes de outros municípios, regulados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), para Cuiabá. Observem na foto que abre a reportagem: um socorrista do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), sem máscara, ajuda retirar um infectado de uma UTI Aérea do CIOPAer.

A informação chegou ao site no final da tarde. A Assessoria da PM informou que o CIOPAer é subordinado à Secretaria de Segurança Pública, e essa, por sua vez, limitou-se a confirmar que os três oficiais contraíram a doença, e que o comandante não teve contato com outros policiais da unidade. A assessoria observou que os quatro pilotos das UTIs aéreas fizeram exames e testaram negativo para a doença.

Secretário diz que não falta máscara - O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, sempre sustenta que todos os servidores que atuam na linha de frente contra o coronavírus contam com equipamentos de proteção individual e que recebem treinamento para tanto. Não foi possível ouvir Figueiredo, pelo adiantado da hora. Em sua última abordagem sobre contaminação de servidores, o secretário admitiu que 74 contraíram a doença. Em Cuiabá, um enfermeiro da rede pública estadual morreu vítima do coronavírus.

MATO GROSSO – Com uma morte em Cuiabá e outra em Várzea Grande nas últimas 24 horas, Mato Grosso registra 26 óbitos e 792 infectados, dos quais, 58 nesse período, sendo que 307 se recuperaram, 396 se encontram em isolamento e 63 hospitalizados – com 34 em unidades de terapia intensiva.

Os novos casos foram registrados em Cuiabá (15), Tangará da Serra (sete), Confresa (seis), Rosário Oeste e Vila Rica (quatro cada), Primavera do Leste e Várzea Grande (três cada); Peixoto de Azevedo, Pontes e Lacerda, Rondolândia e São Pedro da Cipa (dois cada); e Barra do Garças, Chapada dos Guimarães, Nova Olímpia, Nova Ubiratã, Pontal do Araguaia, Poxoréu e Rondonópolis (um cada). Além deles, em Mato Grosso um residente em outro estado testou positivo para o coronavírus .

MUNICÍPIOS – A doença atinge 56 dos 141 municípios, Cuiabá é a cidade com o maior número de casos: 252, seguida por Rondonópolis (70). Outras cidades também tem visto crescer o numero de casos, sendo que as mais afetadas são Várzea Grande (67), Barra do Garças (45), Primavera do Leste (31), Lucas do Rio Verde (30), Sinop (26), Tangará da Serra (25), Rosário Oeste (20), Confresa (19), Sorriso (18), Peixoto de Azevedo (15)  Nova Mutum e Jaciara com (12).


Autor: Eduardo Gomes com A Boa Midia


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias