Sábado, 30 de Maio de 2020

Prefeita de São Félix do Araguaia é acusada de não repassar dinheiro da previdência de servidores




COMPARTILHE

O Ministério Público do Estado (MPMT) instaurou um inquérito para apurar um desvio de R$ 1,3 milhão da previdência dos servidores públicos municipal de São Félix do Araguaia (1.173 KM de Cuiabá). A prefeita da cidade, Janailza Taveira (SD), estaria por trás da suposta irregularidade.

De acordo com informações da portaria que oficializou a investigação, assinada pela promotora de justiça Ana Paula Silveira Parente no último dia 15 de maio, a própria Câmara de Vereadores de São Félix do Araguaia denunciou a falta do repasse por meio de um ofício.

Os vereadores afirmam que o recolhimento das contribuições previdenciárias dos servidores não foi repassado ao Instituto Municipal de Previdência de São Félix do Araguaia (IPASFA) entre novembro de 2018 e agosto de 2019. O inquérito civil é uma etapa anterior de uma ação na justiça, caso as irregularidades sejam confirmadas pelo MPMT.  


Autor: AMZ Noticias com FolhaMax


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias