Domingo, 09 de Agosto de 2020

Homem que viralizou por enterrar a mãe sozinho é morto com requintes de crueldade em Goiás




COMPARTILHE

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) prendeu nessa terça-feira (14) duas pessoas acusadas de assassinarem e queimarem o corpo de Ricardo Fernandes Ribeiro, de 44 anos, que viralizou após postar um foto sozinho no velório da própria mãe, no ano passado.

A situação causou comoção a muitas pessoas fizeram doações financeiras por meio de arrecadação virtual para tratamento da sua saúde. A vítima recebeu cerca de R$ 40 mil em doações fracionadas para tratamento de saúde. Parte do valor seria doado à suposta autora, pois ela o ajudou a divulgar o caso e também o auxiliava nos afazeres domésticos.

Entretanto, o fato de não ter recebido parte dos valores arrecadados causou uma enorme insatisfação na mulher, o que a fez decidir contratar, via Facebook, um jovem, que seria matador de aluguel, para juntos executarem cruelmente a vítima. “Esta teria sido a motivação do crime”, informou a Polícia Civil.

Prisão - Ambos os autores foram autuados em flagrante pelo delito por latrocínio. Entretanto, o delegado responsável pela investigação, Carlos Leverger, deve indiciá-los pelo crime de homicídio qualificado em concurso material com furto qualificado, diante dos elementos de informações colhidos pela Polícia Civil até o momento.


Autor: Tácio Loran com Metrópoles


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias