Domingo, 09 de Agosto de 2020

Joaquim Passarinho é destaque nacional como um dos 20 deputados mais atuantes do Congresso




COMPARTILHE

O deputado federal paraense Joaquim Passarinho (PSD) está entre os 20 parlamentares mais atuantes na Câmara Federal. O deputado paraense tem sido destaque no Congresso Federal em Brasília, com uma atuação participativa no desenvolvimento do estado do Pará e do Brasil.

Na avaliação feita anualmente pelo Ranking dos Políticos, e que avalia a atuação de todos parlamentares, Joaquim  Passarinho aparece com uma atuação de 130 pontos, divididos entre presença nas sessões, privilégios e qualidade legislativa. O mesmo também conta com nenhum processo judicial em seu nome.

Joaquim Passarinho é formado em arquitetura, e começou cedo na vida política, elegendo-se vereador por Belém, capital do Pará, em 1988. Cumpriu quatro mandatos como vereador (1989 a 2002), inclusive sendo eleito presidente da Câmara de Vereadores de Belém.

Depois foi eleito deputado estadual por dois mandatos, de 2003 a 2010. Também foi secretário estadual de Obras Públicas do Pará, de 2002 a 2003 e de 2011 a 2014. Concorreu e foi eleito deputado federal, em 2014, pelo PSD, com mais de 76 mil votos e foi reeleito em 2018  com 95 582 votos.

O trabalho do parlamentar federal tem sido elogiada também por vereadores, prefeitos e lideranças políticas que tem buscado apoio no gabinete do deputado em Brasília, entre as causas defendidas pelo Deputado estão a conclusão das obras da BR 158, e também as melhorias de infraestrutura na produção paraense, para geração de emprego e  renda. 


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias