Quarta-Feira, 21 de Abril de 2021

Expedição Araguaia entrega documento de adoção unilateral a indígena de Luciara




COMPARTILHE

A Segunda Expedição Araguaia colheu frutos do trabalho realizado no ano passado em Luciara ao retornar ao município em 2020. A juíza Janaína Cristina de Almeida, da Vara Única de São Félix do Araguaia, Comarca que atende Luciara, entregou ao adolescente Mesaky Manakukari Karajá, 17 anos, a nova certidão de nascimento dele, constando o nome do pai adotivo.

A magistrada que também é responsável pelo Centro Judicial de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de São Félix, em 2019, realizou uma audiência de conciliação com o adolescente, a avó materna, Meire Karajá, 58, o marido dela, o pecuarista Ilário Sousa da Luz, 66, e a mãe biológica de Mesaky, em que todos manifestaram o desejo de atender o pedido do menino, formalizar a adoção.

“Desde que comecei a falar chamo ele de pai e ela de mãe. Era um sonho ter o sobrenome dele e agora consegui. Estou mais do que feliz”, declara Mesaky. “Somos casados há mais de 30 anos”, conta Seo Ilário. “Quando a filha da minha mulher teve um menino, a Meire levou para o nosso convívio e fomos pegando amor. Graças a Deus ele sempre me tratou bem. É um menino muito bom, inteligente, obediente. A primeira palavra que ele aprendeu foi pai estou muito agradecido pelo projeto ter possibilitado realizar o sonho do meu filho”, completa.

A entrega do documento ocorreu na Escola Estadual Juscelino Kubistchek, durante os atendimentos da Expedição Araguaia 2020 que movimentaram Luciara no sábado (05). Outro cidadão que saiu contente de lá foi o agricultor José Uilson Pereira dos Santos, 67. Trabalhando na roça desde criança não conseguia se aposentar. Ingressou com ação na Justiça em 2018 e sabendo que o Poder Judiciário estaria na cidade veio buscar informações.

José Uilson foi atendido pelo INSS, parceiro na Expedição, e recebeu a informação de que irá receber a primeira parcela da aposentadoria por idade rural, concedida pela justiça, já em dezembro, referente ao mês de novembro, e o 13º salário. “Não tenho mais a força que tinha para lidar na chácara. Aposentadoria me dará uma certa tranquilidade”, avalia. “Gostei muito que o projeto veio para aqui, que é um canto esquecido e precisa de toda ajuda”, completou.

Na escola ainda houve ações de vários parceiros, como o teatro da Energisa sobre uso consciente da energia que entreteu e educou a criançada. Distribuição de roupas e toalhas apreendidos pela Polícia e Receita Federal, brinquedos arrecadados pelo projeto Criança Araguaia, cursos ofertados pelo Senar, Detran-MT, orientações feitas pelo MPE, Defensoria Pública, Setasc, RG confeccionado pela Politec, doação de mudas pelo Juizado Volante Ambiental (Juvam), serviços de estética realizados pela Galvan Escola de Cabelereiros, kits distribuídos pelo Instituto Sorriso Feliz, e atendimento pelo Fórum de São Félix e prefeitura.

Homenagem – Uma muda de Ipê Branco foi plantada na orla da Praia de Luciara. Uma singela homenagem da Expedição Araguaia a Alexandre Augusto Duarte Corbelino, servidor do Juvam de Cuiabá, que faleceu em 25 de abril vítima de infarto. Presença garantida em projetos como Ribeirinho Cidadão, esta é a primeira atividade realizada após a morte dele. “Foram mais de 22 anos dedicados ao Meio Ambiente e esta é uma homenagem justa. O Ipê Branco era a árvore favorita dela. A lição que fica é que a morte não escolhe quem leva e só podemos desejar que Deus tenha guardado um bom lugar para ele”, discursou o sargento PM Marcelo Luciano Campos, que trabalhou 16 anos com Corbelino.

No domingo (06) a equipe seguiu para São Félix do Araguaia para atender a população na segunda-feira (07) e terça (08). Na quarta-feira (09), a Expedição pega novamente a estrada até Novo Santo Antônio onde realiza dois dias de atendimento (sexta 11 e sábado 12). Cocalinho também terá dois dias de atendimento (14 e 15), encerrando as atividades desta edição.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias