Sexta-Feira, 17 de Setembro de 2021

Saúde de Porto Alegre do Norte intensifica vacinação contra pólio e sarampo




COMPARTILHE

A Secretaria de Saúde de Porto Alegre do Norte está realizando inúmeras ações durante o mês de agosto, para concluir a campanha de vacinação contra pólio e sarampo, o Secretário Municipal de Saúde, Romeu Martinez, informou que a campanha é uma das prioridades da pasta.

De acordo com Martinez a campanha vai se estender por todo o mês de agosto e, o município segue a cronologia estabelecida pela Saúde de Mato Grosso, em todo o estado o objetivo é imunizar 202.216 crianças de um aos quatro anos.

Romeu reforçou que devido a casos suspeitos de sarampo que surgiram nas últimas semanas em outras cidades do Brasil, acendeu-se ainda mais a necessidade da vacinação, visando diminuir a possibilidade do retorno da pólio e a reemergência do sarampo, doenças estas já eliminadas no Brasil. No Mato Grosso, o último caso de pólio foi registrado há 30 anos, em 1988.

De acordo com o Secretário a meta mínima a ser alcançada corresponde a 95% de cobertura vacinal e que o município também está realizando vacinas contra a poliomielite e de tríplice viral, que imuniza além do sarampo, contra caxumba e rubéola.

Romeu alertou que os pais e responsáveis são muito importantes no processo de manutenção da eliminação dessas doenças e devem comparecer aos serviços de vacinação com suas as crianças, levando a caderneta de vacinação para avaliação e registro.

*Poliomielite* - As campanhas contra poliomielite tiveram início em 1980, sendo que desde 1990 o país é considerado livre da doença. De acordo com informe do Ministério da Saúde, é uma doença infectocontagiosa, caracterizada por um qua¬dro de paralisia que acomete em geral os membros inferiores. A falta de saneamento, as más condições habitacionais e a higiene pessoal precária constituem fatores que favorecem a transmissão do vírus.

*Sarampo* - Com relação às campanhas contra o sarampo, são realizadas desde 1995, com a vacinação de população-alvo específica que, na grande maioria das vezes, abrange as crianças de um a quatro anos de idade. O sarampo também é uma doença infecciosa, transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbito, particularmente em crianças desnutridas e menores de um ano de idade.  A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias, no período de quatro a seis dias antes do aparecimento do exantema até quatro dias após.

*Casos em Mato Grosso* - Até o momento existem 7 casos em investigação, 2 descartados e nenhum caso confirmado para sarampo. Os casos investigados são provenientes de Guarantã do Norte (2 em investigação e 2 casos descartados), Campo Verde do Parecis (1 em investigação) e Jaciara (2 em investigação). Em Cuiabá nenhum caso ainda foi notificado.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias