Sexta-Feira, 17 de Setembro de 2021

Vacinação contra gripe em cidades de Mato Grosso esta com metas abaixo do ideal




COMPARTILHE

Faltando poucos dias para o fim da campanha nacional de vacinação contra a Influenza, o índice de cobertura vacinal é de 70% em Mato Grosso. Esse percentual, atingido até a última quarta-feira (22), representa a aplicação de 530.789 doses contra a gripe de um total de 859.343 pessoas que compõem os grupos alvos da campanha em todos os 141 municípios mato-grossenses.

Como o Estado ainda não atingiu a meta prevista de 90%, a Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) alerta tanto a população como as administrações municipais, especialmente, aquelas com baixo índice de pessoas imunizadas. A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Alessandra Moraes, reforça que as pessoas devem procurar os postos de vacinação mais próximos para serem imunizadas contra o vírus. “Os grupos de riscos devem ser vacinados contra influenza para a prevenção da doença e suas consequências”, disse.

Fazem parte do grupo prioritário crianças com faixa etária entre seis meses e menos de seis anos; idosos; gestantes; puérperas; professores; portadores de doenças crônicas não transmissíveis; jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, indígenas e trabalhadores da saúde.

De acordo com o órgão estadual, até o dia 20 de maio, os municípios com a pior cobertura são: Alto Boa Vista com 12,29%; Colniza com 22, 53% e Nova Canaã do Norte com 29,62%. Já os três municípios com melhores coberturas são: Tapurah, com 105,02%; Ponte Branca com 103,03% e São Pedro da Cipa com 100,98%.

A Influenza, também conhecida como H1N1, é uma infecção viral aguda do trato respiratório, com elevada transmissibilidade, podendo ser contraída várias vezes ao longo da vida e surgir de forma mais ou menos grave. Existem vários tipos e subtipos do vírus Influenza, contudo, apenas os vírus A e B causam doença com impacto significativo para a saúde humana. O vírus pode ser contraído durante todo o ano, mas é mais frequente nas estações do outono e do inverno. 


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias