Segunda-Feira, 27 de Setembro de 2021

Desaceleração da economia mundial é maior gravidade do avanço do coronavírus




COMPARTILHE

O mundo acompanha apreensivo a expansão dos casos do novo coronavírus, inicialmente o mesmo só estava oficializado na China, mas na última semana os casos explodiram pelo mundo afora começando pela Europa e por vários países ligados ao Brasil, até o dia de ontem 28 de fevereiro, quase 50 países já tinham confirmados a presença do vírus.

Aqui no Brasil, o Ministério da Saúde confirmou na última quarta-feira (26) o primeiro caso do novo coronavírus no Brasil. O paciente é um homem de 61 anos que esteve no norte da Itália entre os dias nove e 21 de fevereiro. Ele está em quarentena domiciliar, em São Paulo. E mais de 30 pessoas da família estão sob observação. 

Mas vamos ao que interessa, não é a chegada do Coronavírus no Brasil que derrubou a bolsa brasileira e elevou a taxa de câmbio, pois 10 em cada 10 especialistas sabiam que a dúvida não era se, mas quando, teríamos o primeiro caso por aqui. Da mesma forma sabe-se que os casos vão crescer muito, terão um pico e após irão paulatinamente cair.

Sabe-se, também, que para 80% das pessoas que serão infectadas os sintomas não passarão dos semelhantes a um resfriado. Mas também não é isso que despenca as bolsas e elevam o câmbio. O Brasil não está tendo movimento diferente no seu mercado financeiro na comparação com o que está acontecendo no mundo.

O que de fato derruba as bolsas é a desaceleração da economia, resultado das mudanças na rotina das pessoas, das empresas e das dificuldades de se fazer comércio diante de um vírus de baixa mortalidade, mas de rápida disseminação, sem vacina, sem remédio e sempre com o risco de mutação para quadros mais graves.

Sempre os interesses da saúde estarão a frente dos econômicos e, por isso, todas as medidas necessárias serão tomadas. Mas temos que ter consciência que elas impactam e muito a economia do mundo e o Brasil, no meio disso tudo, é só mais um país que será infectado pelo vírus e impactado pela economia.


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias