Domingo, 20 de Junho de 2021

Técnicos e parceiros realizam webinar sobre produção e comercio de abacaxi no Tocantins




COMPARTILHE

A fruticultura no Tocantins é uma atividade em franca expansão, principalmente na produção de banana, melancia e abacaxi. Para reforçar ainda mais esse cultivo, a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) e parceiros realizam o Webinar sobre Sistema de Produção e Comercialização de Abacaxi: Tendências e Desafios para a Safra 2021.

O evento ocorre nesta quarta-feira, 16, a partir das 9 horas, na plataforma YouTube, no canal da Seagro: seagrotocantins.

O secretário da Seagro, Thiago Dourado, será moderador na live, na qual serão abordados os temas: tendências e desafios para a abacaxicultura no Tocantins e no Brasil; modelo de produção e comercialização: Fazenda Roncador em Tocantínia-TO; produção de abacaxi no sul do Pará e suas particularidades e mercado do abacaxi: tendências e desafios para safra 2021.

Para o técnico agrícola da Seagro, Paulo Pereira Barros, é possível elencar diversos fatores essenciais para o sucesso da produção do abacaxi no Tocantins, que vão desde alcançar elevados rendimentos com boas práticas.

“Como também comercializar os frutos para o mercado que paguem bons preços e permitam, aos produtores, realizar novos investimentos em insumos e maquinários, e ainda, fazer da cultura meio de sustento de suas famílias, e consequentemente contribuir para o desenvolvimento do agronegócio tocantinense”, ressalta o técnico.

DADOS - Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o cultivo do abacaxi no Tocantins está em 57 municípios, sendo plantada em sua grande maioria por pequenos e médios agricultores. Em 2019, foram produzidos no Estado mais de 85.635 mil toneladas de abacaxi, distribuída em mais de 4.288 hectares, com uma produtividade média de 19.980 kg por hectares. 

São parceiros no evento, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Associação dos produtores da região Oeste do Tocantins, Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec), Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), empresa Kati frutas e o projeto de irrigação Manuel Alves (Dimas).


Autor: AMZ Noticias com Elmiro de Deus


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias