Quarta-Feira, 05 de Maio de 2021

Governo do Tocantins reforça atuação para o desenvolvimento da Amazônia Legal




COMPARTILHE

Representando o Governo do Tocantins, o vice-governador Wanderlei Barbosa participou na manhã desta terça-feira, 15, da 21ª Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo (Condel) da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam).

O encontro ocorreu de forma virtual e reuniu representantes dos estados que compõem a Amazônia Legal: Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Roraima, Rondônia, Tocantins e Maranhão, além do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Simonetti Marinho.

Lembrando que o Conselho Deliberativo da Sudam é um órgão colegiado que acompanha e avalia a execução dos planos dos programas regionais da Amazônia, o vice-governador Wanderlei Barbosa reforçou a importância da atuação do Conselho e a preocupação do Tocantins em preservar e desenvolver a Amazônia Legal.

“Ficamos felizes quando ocorrem estas reuniões, porque sabemos da importância deste órgão em acompanhar e determinar medidas de ajustes necessárias ao cumprimento dos objetivos que visem ao desenvolvimento dessa região tão importante do País. O Tocantins tem uma grande preocupação e dispensa uma atenção especial à Amazônia Legal. Ao longo de todo o ano, nós desenvolvemos diversas ações como as de combate às queimadas, ao desmatamento e buscamos inibir práticas que venham prejudicar esta área”, afirmou o vice-governador.

Presidindo a reunião, o ministro do Desenvolvimento Regional e presidente do Conselho, Rogério Simonetti, falou da preocupação do governo federal em inserir a população que mora na Amazônia Legal em um desenvolvimento sustentável em médio e longo prazo.

“Para isto, precisamos trabalhar de forma sistêmica e multisetorial, consolidar ainda mais esta parceria que já é muito forte e conta com a participação do Governo dos nove estados. Estamos falando de quase 60% do território nacional e não tem como pensar em desenvolvimento sustentável para a Amazônia sem que haja uma forte união neste sentido”, lembrou o ministro.

DELIBERAÇÕES -  Durante a reunião, os conselheiros aprovaram as seguintes pautas: proposta que trata do ajuste no Plano de Aplicação de Recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) do exercício de 2020, elaborado pelo Banco da Amazônia; ato que trata sobre o estabelecimento de diretrizes e prioridades para a aplicação dos recursos do FNO para o exercício de 2021; proposta que trata sobre a programação de financiamento do FNO para 2021; proposta de calendário das reuniões do Condel e proposta relativa ao relatório anual de atividades do FNO, referente ao exercício de 2019.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias