Quinta-Feira, 06 de Maio de 2021

Xico Graziano visita propriedades em Cocalinho e questiona projeto de Zoneamento em Mato Grosso




COMPARTILHE

Terminou neste domingo, dia 14 de março a visita técnica do engenheiro agrônomo e ambientalista Xico Graziano a Cocalinho. Ele visita o município atendendo convite da Associação dos Produtores Rurais dos Vales dos rios Araguaia, Cristalino e das Mortes, para prestar assistência técnica na construção de uma proposta de viabilidade econômica para as áreas úmidas.

Graziano é ex-deputado federal e ex-secretário de Meio Ambiente de São Paulo que auxiliou na confecção do Código Florestal, Graziano questionou a proposta do Zoneamento Ecológico de Mato Grosso, onde por exemplo o município de Cocalinho perderia praticamente todas as áreas agricultáveis.

Segundo ele, a decisão se confirmada estará causando desemprego em massa em toda região, e toda economia regional será afetada, inclusive as usinas de calcário que tambem serão alvo do Zoneamento, na forma que ele esta sendo proposto. Desde a sexta-feira, Xico Graziano participou de diversos encontros com dirigentes da AFAVA, Sindicato Rural, calcários e demais envolvidos na questão.

Xico visitou fazendas de Cocalinho que produzem soja e gado, mas tem área de preservação permanente. No local, poderá ser criado um Parque Estadual das Águas, partindo do pressuposto de ser área úmida permanentemente. Ele declarou que se houvesse umidade, jamais produziria soja. Ele se referiu a pretensa criação do parque como um parque da Pobreza, que irá impedir atividades em áreas produtivas.


Autor: AMZ Noticias e Interativa FM


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias