Sexta-Feira, 30 de Julho de 2021

Estado do Amazonas registra queda de 80% no número de mortes por COVID e flexibiliza regras de contenção




COMPARTILHE

Enquanto a maioria das regiões do país segue em estado de alerta para o colapso dos sistemas de saúde, o Amazonas apresenta uma tendência de diminuição dos seus números gerais, entre eles, o número de mortes.

Ao compararmos os dados disponibilizados pelos boletins epidemiológicos da Fundação de Vigilância em Saúde do estado, vemos uma queda de 80,65% das mortes em março se comparado com número do primeiro mês do ano. Em janeiro foram registrados 3.536 óbitos e em março 684. Em fevereiro, o número já havia diminuído para 2.077 mortes.

Na ultima sexta-feira, 2, foram registrados 830 novos casos da doença e 17 óbitos em todo o estado, totalizando, assim, 351.118 casos da doença e 12.048 mortes desde o início da pandemia. Segundo o boletim epidemiológico desta sexta, Manaus tem ocupação de 58,40% de leitos clínicos para covid-19 e 78,57% de ocupação dos leitos de UTI para a doença, contando rede pública e privada.

A partir de segunda-feira, 5, passam a valer novas medidas que flexibilizam as regras anteriores. Entre elas, está a definição de novo horário para restrição de circulação de pessoas no estado, que será das 00h às 6h. Restaurantes e lanchonetes passam a poder funcionar das 06h às 23h, de segunda a sábado, e das 7h às 16h aos domingos.

O novo decreto publicado na última quarta-feira, 31 tem a validade de 15 dias e também permitirá o funcionamento de balneários, parques aquáticos e clubes recreativos das 7h às 16h, e flutuantes, das 09h às 16h, de segunda a domingo.

Instituições privadas podem decidir sobre a retomada do ensino médio presencial e de cursos livres, como escolas de idiomas. O funcionamento do Colégio Militar de Manaus (CMM), administrado pelo Exército, também está autorizado a funcionar.

VACINAÇÃO - A partir deste sábado, pessoas com idade entre 50 e 54 anos e com comorbidades já podem ser vacinadas em Manaus. Nesta fase da campanha quem é portador de diabetes mellitus, tem obesidade mórbida ou algum tipo de cardiopatias poderá poderão se imunizar contra a covid-19.

Quem se enquadra nessas condições de saúde e idade tem à disposição sete pontos de vacinação da Secretaria Municipal de Saúde com funcionamento das 9h às 16h em toda a capital. A campanha também continua para a segunda dose dos trabalhadores da saúde, cujo atendimento é feito exclusivamente na Escola de Enfermagem, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

De acordo com o Vacinômetro municipal, Manaus já vacinou 294 mil pessoas, das quais 239 mil com a primeira dose e 55 mil com a segunda. Já no estado, dados parciais do Programa Nacional de Imunização, da FVS-AM (PNI/FVS-AM), apontam que 566.815 doses foram aplicadas em todo o estado até esta sexta-feira (02/04), sendo 434.258 de primeira dose e 132.557 de segunda dose.


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias